sábado, 15 de agosto de 2009

É Decisão em Pernambuco!

A Série A2 do Campeonato Pernambucano chega aos seus momentos finais.

Neste domingo, o estado ficará conhecendo as duas equipes marcarão presença na primeirona de 2010.

4 times disputam 2 vagas nas finais, e automáticamente a classificação.

No Carneirão, em Vitória de Santo Antão, Vera Cruz e Ferroviário de Cabo, com a equipe da casa jogando pelo empate.

No Chapadão do Araripe, Araripina e Afogadense, e o Bode do sertão (ara) tem a vantagem de empatar a partida e seguir adiante.

Início da Copa do Interior de Pernambuco


Neste domingo, o início da 27ª Copa do Interior de Pernambuco.

26 seleções estarão em campo representando as suas respectivas cidades numa verdadeira festa do interior.

A abertura que será realizada no Estádio Tenente Luiz Gonzaga em Bezerros, às 15 horas com o jogo Bezerros x Toritama.

O Nordestebol acompanhará todos os jogos, classificação e artilharia da Copa.
Na foto, a Seleção de Bezerros de 2007.
A partir das 14h deste domingo, várias atrações artísticas e culturais, como a Banda Cônego Alexandre, Papanguarte, Bacamarteiros e atletas da ABF estarão se apresentante ante da partida inicial começar. Os ingressos para os jogos no Município serão custeados pela Governo Municipal.
Foto: Lirex

São Caetano 2 x 0 Fortaleza



Com a derrota, o tricolor do pici permanece na zona do rebaixamento

Guarani 2 x 1 Bahia



Tricolor de aço esteve bem melhor em campo, mas, não concluiu as chances que obteve, além disso, a arbitragem favoreceu descaradamente ao Guarani.

Náutico perde jogo depois de mais uma expulsão

Após três rodadas de invencibilidade, o Náutico perdeu para o Avaí por 2x1, neste sábado, na Ressacada, e se manteve na zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro.

Os alvirrubros jogaram bem, mas terminaram se perdendo em campo após a expulsão do volante Rudnei, aos 18 minutos do segundo tempo, quando o placar ainda estava 1x1.

Após ficar com um homem a menos, os alvirrubros ainda seguraram o placar até os 45, quando Marquinhos Catarina marcou o gol da vitória.

Após os primeiros minutos, o técnico Silas viu que os laterais alvirrubros não estavam bem e pediu para Muriqui abrir por uma ala e Eltinho pela outra. O resultado veio de imediato. A equipe começou a jogar com mais facilidade e começou a pressionar a defesa timbu. Não demorou muito e o Avaí abriu o placar.

Após uma falta desnecessária da defesa do Náutico em cima de Muriqui, Eltinho chamou a responsabilidade para si e cobrou com perfeição, no ângulo. Depois do gol os alvirrubros sentiram e caíram de rendimento no setor ofensivo.

Logo no início da segunda etapa, o goleiro Gledson precisou fazer uma defesa espetacular para segurar o placar na ressacada. Muriqui recebeu um toque de Marquinhos e entrou de frente com o goleiro alvirrubro. O craque do Avaí chutou por baixo e mesmo assim o camisa 1 dos Aflitos salvou a equipe.O milagre de Gledson fez com que o Náutico acordasse em campo. O time começou a acreditar no empate e terminou conseguindo aos 9 minutos, quando Patrick cruzou e Emerson marcou gol contra. A partida estava empatada.

Após tomar o gol, o Avaí começou a pressionar novamente o Náutico. O técnico Silas decidiu mandar todo mundo para o ataque, de forma ordenada, atrás da vitória. Aos 16 minutos o time já tinha acertado a trave de Gledson duas vezes.

A pressão foi ainda maior em cima dos alvirrubros após a expulsão de Rudnei, aos 18 minutos. Depois disso o time não conseguiu mais chegar ao ataque e precisou se fechar de todas as formas para não tomar o gol e conquistar mais um ponto na tabela de classificação.

Além de marcar com os 9 homens, o time ainda contou com a sorte de a trave salvar em mais uma oportunidade e Muriqui e Emerson perderem dois gols feitos.Porém o que parecia que estava decidido mudou aos 45 minutos, quando Muriqui cruzou e Marquinhos chutou de primeira e decretou a vitória para os donos da casa.



Avaí 2x1 Náutico
Local: Ressacada
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF).
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e César Augusto de Oliveira Vaz (DF)
Gols: Eltinho (A) e Emerson (contra – N)
Cartões amarelos: Nilson, Rudnei, Derley, Anderson Santana, Juliano (N), Anderson, Roberto, Emerson e Marcus Vinícius (A)
Cartões vermelhos: Rudnei (N)

Avaí - Eduardo Martini; Rafael, Augusto, Emerson (Fabinho Capixaba), Luís Ricardo (Roberto), Léo Gago, Marcos Vinícius, Marquinhos, Eltinho, William (Anderson), Muriqui. Técnico: Silas.

Náutico - Glédson; Patrick (Sidny), Nílson, Asprilla, Rudnei, Michel, Anderson Santana (Kuki), Derley, Juliano, Carlinhos Bala, Márcio Barros (Márcio Garcia). Técnico: Geninho.

Fonte: DP
Foto: Antônio Carlos Mafalda/AE

Pichações no Orlando Scarpelli

Aborrecida com últimos resultados do Figueirense dentro de campo, torcedores picharam o muro do Estádio Orlando Scarpelli, exigindo a saída de Roberto Fernandes e críticas ao presidente do clube, Paulo Prisco Paraiso.

Fotos : Futebol SC

Avaí x Náutico na Ressacada

O Avaí entrou no Campeonato Brasileiro com um objetivo: não voltar para a Série B. E tudo indica que esta meta seja alcançada. Pelo menos até aqui, o Leão conquistou mais da metade dos pontos necessários para permanecer na primeira divisão. E neste sábado, às 18h30, o time encerra o turno diante do Náutico, na Ressacada, com a oportunidade de encostar na zona de classificação à Libertadores.

Com 27 pontos, o Leão ocupa o sétimo lugar, bem longe do Náutico, que é o 17º colocado, com 18 pontos, e abre a zona de rebaixamento. As duas equipes que já se encontraram muitas vezes na Série B vão se enfrentar pela primeira vez na Série A.

Com oito jogos de invencibilidade, o torcedor avaiano já se acostumou com a escalação do seu time. O técnico Silas nem faz mais mistério e divulga o onze inicial nas vésperas da partida. Ainda sem o volante Ferdinando, suspenso pelo STJD, o treinador repete a equipe que empatou com o Santos na Vila Belmiro, no último sábado.

Os jogadores esperam uma partida tão difícil como foi enfrentar o Santo André, na última partida do Avaí na Ressacada, quando a vitória veio suada por 1 a 0.“Vivemos um bom momento na competição, e isso é importante. O grupo está confiante, mas consciente de que tem que manter a seriedade em campo. Será mais um desafio difícil, pois o adversário vem se recuperando na competição. Por isso, temos que ter atenção e, com a força de nosso torcedor, fazer a diferença em casa e buscar o resultado positivo”, comenta o atacante William.

O Náutico viajou a Florianópolis sem o artilheiro Gilmar, autor de nove gols no Brasileirão. O jogador se recupera de uma lesão na panturrilha. Mas este não é o único desfalque na equipe do técnico Geninho.Os zagueiros Vagner, expulso na partida contra o Santo André, e Cláudio Luiz, que foi pego no exame antidoping, e o volante Johnny estão suspensos. Em contrapartida, os volantes Derley e Nilson voltam de suspensão.

Ficha técnica: Avaí x Náutico
Local: Ressacada, em Florianópolis (SC).
Data: 15/08/2009 (sábado).Horário: 18h30 (de Brasília).
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (DF),
auxiliado por Marrubson Melo Freitas (DF) e César Augusto de Oliveira Vaz (DF).

Avaí - Eduardo Martini; Rafael, Augusto e Emerson; Luís Ricardo, Marcus Winícius, Léo Gago, Marquinhos, Muriqui e Eltinho; William.Técnico: Silas.

Náutico - Gledson; Sidny, Asprilla, Marcio e Michel; Anderson Santana, Derley, Rudnei e Juliano; Carlinhos Bala e Márcio Barros. Técnico: Geninho.

Fonte: Futebol SC
Você acompanha Avaí x Náutico pelo:
Com os Campeoões da bola, a equipe esportiva comandada por Roberto Nascimento e Luciano do Valle.
Narração : Romualdo Marques
Comentários : Octávio Muniz e José Bezerra
Reportagens : André Santos e Rodrigo Gomes

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Ceará fica no empate com a Ponte

O Ceará não conseguiu vencer a Ponte Preta jogando no Castelão nesta sexta-feira.

O Vovô empatou em 1 x 1. Geraldo (ce) e Lins(pp) fizeram os gols do jogo.

O fato positivo é que o alvinegro só sai do G-4 nesta rodada se a Portuguesa vencer o Vasco da Gama.

Mesmo que aconteça ficará com o mesmo número de pontos, perdendo em número de vitórias.

Mais de 19 mil pessoas estiveram presentes no Castelão.

Jogadores Cearenses lamentaram bastante após o jogo.

Palavras do meia Geraldo "Jogo confuso, arbitragem confusa, não vou nem falar por que depois sobra para o jogador"

Com informações da Rádio Cidade de Fortaleza

ASA já está em Rio Branco para partida decisiva

O ASA de Arapiraca vai enfrentar o Rio Branco neste domingo pela 2ª rodada da 2ª fase da série C do Campeonato Brasileiro.

A delegação alvinegra chegou por volta das 15 horas na capital Acreana e está hospedada no Pinheiro Palace Hotel.

Paulo Foiani não foi à julgamento e está à disposição do técnico Vica para o confronto decisivo.
No primeiro jogo houve empate em 1 x 1. Acontecendo no empate com este placar, a decisão será nos pênaltis.
Para o ASA seguir adiante precisa empatar em 2 x 2, ou 3 x 3 ou mais. ou ainda vencer o jogo.
0 x 0 é placar do Rio Branco.

Torcedores do Fortaleza protestam contra má campanha

Cerca de vinte “torcedores” do Fortaleza entraram na sede do clube para reclamar dos resultados da equipe. Pediram para colocar faixas de protestos e foram atendidos, afinal, eram sócios-torcedores e, por determinação da diretoria, tinham o direito de acompanhar a movimentação.

Ocorre que, pouco tempo depois, alguns torcedores deixaram as arquibacadas e invadiram o gramado do Pici, partindo para a agressão e atingido o auxiliar do técnico Giba, Carlos Mercadante.

O presidente do Fortaleza, Lúcio Bomfim, ficou contrariado com a atitude e já determinou que a partir de agora, nem o sócio-torcedor terá acesso ao Pici. “Temos que aceitar as críticas porque estamos todos insatisfeitos com a posição do Fortaleza. Não podemos calar a voz da torcida e até permitimos que eles entrassem e colocassem as faixas. Agora, invadir o local de trabalho é lamentável.”

O dirigente do Fortaleza aproveitou para dizer que, mesmo com melhor resultado financeiro jogando em Horizone, a equipe vai enfrentar o Paraná no Castelão, jogo que ocorre depois do compromisso do time diante do São Caetano, no sábado, em São Paulo.

Fonte : O Povo

Ceará joga para permanecer no G-4

A torcida alvinegra promete mais uma festa hoje no Castelão, apesar da derrota do Ceará para o Guarani, na terça-feira passada. Isso porque a meta é não deixar o time sair do G-4, a zona de classificação para a Série A do Campeonato Brasileiro de 2010.

Quarto colocado, com 29 pontos na tabela, o Vovô precisa vencer para não correr o risco de sair da zona de acesso à elite do futebol brasileiro. E para atingir o objetivo de manter o bom retrospecto no estádio Castelão (seis vitórias em oito partidas), o treinador PC Gusmão mantém a formação que vem dando resultado.

Em relação ao jogo passado em Campinas, o técnico alvinegro promove o retorno apenas de Preto no ataque, ao lado de Wellington Amorim. Misael, que vem com bom aproveitamento de gols nos últimos jogos, volta para o banco de reservas. A entrada dele em campo tem acontecido quase sempre na segunda etapa de jogo.

O que a torcida do Ceará não poderá ainda ver é a estreia do atacante Mota, que não teve sua regularização confirmada ontem. “Infelizmente não temos mais tempo hábil para ele poder jogar contra a Ponte Preta”, lamentou o gerente de futebol Jurandir Júnior. Mota deixou ontem mesmo a concentração para que possa retornar aos treinos hoje no Carlos de Alencar Pinto. “Importante é que ele ganhe ritmo de jogo”, explicou Jurandir.

Mesmo sem jogar, Mota continua despertando a atenção do torcedor. Apesar de ser hoje uma das maiores estrelas do Vovô, o atacante fez questão de aderir ao programa de sócio-torcedor do Ceará, na sede do clube, em Porangabuçu.

BRASILEIRO - SÉRIE B 2009

CEARÁ
Lopes; Boiadeiro, Fabrício, Erivélton e Fábio Vidal; Michel, João Marcos, Heleno e Geraldo; Wellington Amorim e Preto. Técnico: PC Gusmão

P. PRETA
Giovanni; Edilson, Marrom, Dezinho e Vicente; Deda, Guilherme, Willian e Eduardo Arroz; Fabiano Gadelha e Lins. Técnico: Pintado

Local: Estádio Castelão
Horário: 21 horas
Árbitro: Antônio Hora Filho (SE)
Assistentes: Ivaney Alves de Lima (SE) e Rubens dos Santos Filho (SE)
Preços dos ingressos: Cadeiras superiores - R$ 20; Cadeiras Inferiores - R$ 40 (estudante com a carteira e idoso acima de 65 anos têm 50% de desconto em qualquer setor)

Fonte: O Povo

Central estreia na segunda fase domingo no Machadão

O Central estreia na segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro neste domingo (16), às 17h, contra o Alecrim de Natal (RN), na casa do adversário. O time caruaruense tem que manter o que fez na primeira fase. Dos 20 times que passaram pra segunda fase da Série D, apenas seis estão invictos e o Central é um deles, com três empates e três vitórias.

Apesar do bom resultado, os jogadores sabem que falta muito para a Patativa do Agreste conquistar o posto de melhor time do Estado. “Acho que ainda está muito longe da gente se sentir o melhor time, com humildade vamos trabalhando para conquistar nosso espaço”, comentou o meio-campo Guego.

Buiú e Gil, atacantes que estavam no Centro Limoeirense, já estão treinando, mas ainda não têm vaga garantida no time titular. Já o atacante Negretti entra em campo no domingo. “A expectativa é muito grande, é um grupo coeso e bom, espero fazer um bom jogo para o domingo próximo garantir a classificação”.

Fonte: Pe 360 graus

Amigos do Nordestebol

Quando iniciamos nosso trabalho neste blog, mesmo sabendo da força da internet, jamais imaginamos que iríamos tão longe divulgando as coisas desta região tão sofrida.

Daqui de Recife, hoje temos a alegria de contar com amigos que nos visitam das mais diversas partes do Brasil como Belo Horizonte, Santos, Campinas, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Garanhuns, Teresópolis, Porto Alegre, Curitiba, Fortaleza e Natal. Além de amigos do exterior como Paris na França, Montreal no Canadá e Ekaterinburg na Rússia.

Agradecemos a todos esses amigos e gostaríamos que amigos falassem um pouco mais sobre quem são, quais os times que torcem e a identificação com quais cidades do nordeste.

Utilizem o e-mail nordestebol@pop.com.br ou mesmo o espaço dedicado aos comentários de cada matéria postada.

Grato.

Marcelo Araujo.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Vitória sai na frente na Sul-americana



O Vitória saiu em vantagem contra o Coritiba em busca de uma vaga pela fase preliminar da Copa Sul-Americana. O time rubro-negro venceu por 2 a 0 no Barradão, na noite desta quinta-feira, 13, e agora pode perder por um gol de diferença (1 x 0), no Couto Pereira, em Curitiba, no dia 25 de agosto, para se classificar. Um novo 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Os gols da partida foram todos marcados no segundo tempo por Uelliton e Jackson.

Comandado pelo interino Ricardo Silva, e observado pelo novo técnico, Vagner Mancini, o Vitória dominou a partida desde o início, mas não conseguiu balançar a rede do goleiro Edson Bastos.

Já a segunda etapa mostrou um Vitória mais ativo no campo de ataque.Logo no primeiro minuto de jogo, em cobrança de falta, Uelliton chutou com força no canto direito de Edson Bastos para abrir o placar.

O tme rubro-negro continuou comandando as ações em campo e, aos 26min, com a defesa do Coritiba na linha do meio-campo, Jackson recebeu lançamento pela esquerda, invadiu a área para ampliar, sacramentando o resultado.

Pelo Brasileirão, no domingo, 16, o Vitória vai a Goiânia enfrentar o Goiás, às 16h, na estreia de Vágner Mancini.

Vitória 2 x 0 Coritiba

Vitória - Gléguer; Apodi, Wallace, Anderson Martins e Robson (Nino); Vanderson, Uelliton, Jackson (Carlos Alberto), Leandro Domingues e Willian (Bida); Roger. Técnico: Ricardo Silva (interino).

Coritiba - Edson Bastos; Cleiton, Pereira e Demerson; Márcio Gabriel (Rodrigo Heffner), Pedro Ken (Renatinho), Douglas Silva, Carlinhos Paraíba e Guaru; Marcos Aurélio (Leozinho) e Bruno Batata. Técnico: Édison Borges (interino).

Gols - Uelliton, no 1.º minuto, e Jackson, aos 26 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Leandro Domingues, Uelliton (Vitória); Guaru, Pereira e Demerson (Coritiba).
Árbitro - Carlos Galeano (PAR)
Local - Estádio Manoel Barradas (Barradão).
Renda: R$106.510,00
Público: 6.130

Fonte: A Tarde

Diretor do Alecrim

Neste Domingo, o Programa "Show de Notícias", da Rádio Clube AM está como sempre, imperdível.

Estaremos conversando com um dos gestores do futebol do Alecrim de Natal, João Maria Belmont, que vai enfrentar o Central no Machadão, pela 2ª fase da série D.

O dirigente fala como conseguiu classificar a equipe para a próxima fase, gerindo uma equipe que na última rodada colocar menos de 500 pagantes no estádio para enfrentar o Ferroviário do Ceará.

Uma das revelações: a folha salarial do time não passa de 42 mil Reais.

O Programa tem a apresentação de Matheus Sukar, Rodrigo Gomes e Marcelo Araujo.

Escute pelo : www.radioclubeam.com.br

Domingo às 12 horas.

Ávine livre para enfrentar o Guarani

O lateral Ávine, do Bahia, segue sua rotina nos tribunais. Em seu sétimo julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o jogador, de 21 anos, foi mais uma vez suspenso, mas desta vez por apenas uma partida, em sessão da Quarta Comissão Disciplinar na tarde desta quinta-feira, dia 13 de agosto.

Desta vez, Ávine foi denunciado e suspenso pela expulsão contra o Fortaleza. Ele respondeu por praticar ato desleal – artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e, como cumpriu a automática contra o Vila Nova/GO, poderá enfrentar o Guarani na próxima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Nas outras seis vezes que sentou no banco dos réus, o jogador do Bahia foi punido quatro vezes, absolvido em outro e teve a pena reduzida em outra, levando dez jogos de punição no total e cumprindo apenas oito.

O ex-técnico do Bahia, Paulo Comelli, também foi julgado nesta quinta-feira e respondeu por invasão de campo e manifestação desrespeitosa contra o árbitro. Em decisão unânime no STJD, o treinador foi absolvido e continua livre para acertar com outro clube após deixar o Fazendão.

O Bahia está ameaçado pelo rebaixamento. O Tricolor de Aço tem 21 pontos, dois a mais que Fortaleza e Juventude, que estão na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o time baiano vai até Campinas enfrentar o Guarani, no sábado, dia 15 de agosto.

Fonte: Justiça Desportiva

Hamílton pega 3 partidas de suspensão

O Sport recebeu uma notícia ruim na tarde desta quinta-feira, dia 13 de agosto: a suspensão por três partidas do volante Hamilton, após decisão por unanimidade da Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Com a decisão do tribunal, Hamilton, que já ficou de fora da partida contra o Fluminense para cumprir a suspensão automática, não poderá enfrentar o São Paulo, no próximo domingo, dia 16, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, e também o Barueri, em duelo na casa do adversário. O volante só estará à disposição da comissão técnico para a partida contra o Vitória, no dia 22, em Recife.

Expulso por dar um carrinho violento em Diego Souza, do Palmeiras, o volante do Sport acabou denunciado pela Procuradoria do STJD por jogada violenta – artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Esta foi a segunda vez que Hamilton sentou no banco dos réus do STJD em 2009. Na outra, denunciado por ato desleal, ele foi suspenso em uma partida.

Fonte: Justiça Desportiva

Deixa a Sul-americana prá quem quer jogar

A Declaração do representante da Conmebol no Brasil Hildo Nejar, de que a instituição pode punir os clubes que não utilizarem os titulares nos jogos da Copa Sul-americana soou bem aos meus ouvidos, e eu explico.

As equipes que disputam o Campeonato Brasileiro e não conseguem uma vaga na Libertadores do ano subsequente, se matam por uma vaguinha na Sul-americana.

Pois bem, quando essas equipes conseguem esta vaga e a competição começa, estamos mais ou menos no meio do Brasileirão.

As que estão próximas ao pelotão de cima, não querem perder a oportunidade de tentar o título, ou mesmo a vaga na Libertadores. As que correm risco de rebaixamento, estão apavoradas com a possibilidade de cair para a segunda divisão.

E aí, haja time reserva na sul-americana. Exemplo claro disso, aconteceu no Maracanã. Um Fla-Flu para pouco mais de 16 mil pessoas.

Na classificação de 2008, o Fluminense foi a última equipe a conseguir a vaga, como 14º lugar. Por que o Fluminense não deixou a vaga para outro?

O 15º colocado foi o Santos. Imaginemos que a equipe peixeira também não "precise" disputar a competição. Deixa para outro.

O 16°. O Náutico. Já imaginou a alegria dos alvirubros em disputar uma competição internacional depois de 40 anos?

Por que não distribuir algumas dessas vagas com os participantes da Série B?

Imaginem os sonhos daqueles que não tem tanto, mas, também querem um pouco.





Mancini volta ao Vitória e hoje tem sul-americana

Rubronegro entra em campo pela sul-americana



Dezembro de 2010. Esta é a data do término do contrato de Vágner Mancini na sua segunda aparição no Vitória, caso não ocorra nenhum imprevisto no decorrer da relação. O motivo de 1 ano e 4 meses de trabalho? O gestor de futebol do clube, Jorge Sampaio, explica: “Estamos apenas retomando um projeto interrompido. Confiamos no trabalho de Mancini e temos certeza que nós ganharemos muito com este retorno”, garantiu.

Para o treinador, será também uma retomada e com um time mais competitivo que o deixado por ele no começo do ano. “O Vitória tem um time bem armado, um elenco formado com bons jogadores. A estrutura do clube possibilita fazer uma grande campanha. O Vitória iniciou bem o ano e eu espero que possa repetir aquele bom momento que tive em 2008”, profetizou.
Porém, mesmo com apenas seis meses entre sua experiência no Santos e retorno à Toca, muita coisa mudou, tanto no Vitória, quanto em Mancini. No Leão, alguns novos profissionais na comissão técnica, como a volta de Ednilson Sena na preparação física.

Outra situação é o jogador Ramon Menezes. O meia brigou com Mancini e acabou afastado do grupo em 2008. Porém, o treinador afirmou que vai conversar com Ramon e fazer as pazes, aceitando inclusive que o veterano continue no elenco. Demora – Mancini sempre esteve no topo da lista preferencial para substituir Carpegiani, mas o acerto salarial foi o motivo da demora. “É natural isso. Mancini demonstrou interesse no Vitória não pelo dinheiro, mas pelo projeto. Por isso, fechamos o acordo”, disse Jorge Sampaio. Segundo o diretor, o salário foi pouco mais de R$ 100 mil. “Ele quer é mostrar o bom trabalho dele”, finalizou. Porém, um funcionário do clube, que preferiu o anonimato, garantiu que Mancini estava pedindo R$ 180 mil, mas acabou aceitando 160. Mesmo assim, muito menos que os R$ 250 mil que ganhava no Santos.

Mancini chega, mas ainda não vai comandar o Vitória na estreia da Copa Sul-Americana, contra o Coritiba nesta quinta. Mas não precisa se preocupar, pois o Leão tem o interino Ricardo Silva, mestre em vencer nas suas estreias em competições importantes. Basta lembrar da última vez que ele assumiu o comando rubro-negro.

Com a saída de Mauro Fernandes, Ricardo teve que assumir interinamente na véspera do jogo contra o Juventude, na segunda fase da Copa do Brasil. Colocou o time sem medo e venceu, por 2 a 1, fora de casa. “Não ganho nada sentindo medo de colocar o time para jogar. Vou assumir mais uma pedreira, mas vou fazer meu papel sem temer nada. Nem escondo o time de vocês. É este que vocês viram treinar”, disse Ricardo. Realmente o Leão enfrenta o Coxa sem mistério.

VITÓRIA X CORITIBA


Vitória - Gléguer; Apodi, Wallace , Anderson Martins e Leandro; Vanderson, Uelliton, Jackson e Leandro Domingues; Willian e Roger. Técnico: Ricardo Silva.

Coritiba - Edson Bastos; Cleiton, Pereira, Demerson e Márcio Gabriel; Douglas Silva, Pedro Ken, Carlinhos Paraíba e Guaru; Marcos Aurélio e Bruno. Técnico: Édison Borges.

Local: Estádio Barradão, às 19h15.
Árbitro: Carlos Galeano (Paraguai).

Fonte: A Tarde

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Torcedores do Sergipe não querem Váldson

Se depender da grande massa de torcedores do Sergipe, o zagueiro Valdson não vai vestir jamais a camisa do Sergipe. Pelo menos é o que deixaram transparecer alguns torcedores quando se manifestaram sobre o assunto. Alheia aos desejos da torcida, a diretoria ainda não desistiu e agora pensa também no zagueiro Bira.

Ontem, 11, esperava-se o julgamento de Bira no STJD (o segundo, uma vez que no primeiro ele já foi punido com 2 jogos), para saber se dava para o atleta vestir a camisa rubra, no segundo jogo contra o Ferroviário.

A diretoria do Sergipe continua correndo atrás de reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série D. De acordo com o treinador Quintino Barbosa o setor defensivo do Sergipe precisa urgentemente de reforços e os nomes de Valdson, Bira e Henrique, do Salgueiro, agradam muito ao treinador rubro.

Os dirigentes do Sergipe, o presidente do Confiança e o presidente da Federação Sergipana, estão montando uma estratégia para levar o Valdson para o Sergipe. A expectativa é que a negociação saia ainda esta semana.

Fonte: Infonet

Sílvio Belém conclama tricolores à união

Em entrevista ao Repórter Rodrigo Gomes da Rádio Clube AM, o ex diretor de futebol do Santa Cruz, Sílvio Belém (foto) que o momento é de união do clube.

"Do ponto de vista administrativo e patrimonial tudo correu muito bem, porém, no futebol, nõs não imaginaríamos que o Santa Cruz ficasse de fora já na primeira fase de uma quarta divisão".

"É hora de replanejar o Santa Cruz. Não dá prá fazer nada neste restante de ano. Excursão? Com que time? Quem vai querer jogar com um time da quarta divisão?"

"O momento é de união. Quem puder ajudar, que ajude. O Santa Cruz teve neste ano, a maior média de público do Brasil. Essa torcida não merece isso".

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Diretor Jurídico do Santa nega inadimplência com a CELPE

Surgiram notícias de que o Santa Cruz não estaria pagando as parcelas do acordo que foi firmado com a CELPE em outubro passado para religar a energia da empresa.

Também rumores de que o clube não estava honrando os compromissos assumidos com a justiça do trabalho.

No vídeo que encontramos no site do parceiro Jamil Gomes, www.loucospelosanta.com as explicações do diretor Jurídico do clube, Miguel Moura.

Sport vai de mal a pior

A situação do Sport na série A é prá lá de preocupante.

Faltam 20 jogos para o leão fechar o campeonato. 10 em casa e 10 fora.

São 60 pontos em jogo.

Para quem tem apenas treze pontos, vencer os 10 jogos em casa significa, somar 30, totalizando 43 pontos, o que não é suficiente para manter uma equipe fora da zona do rebaixamento.

Isso sem contar com os jogos fora de casa, onde o rubronegro não vem ganhando de ninguém.

Uma tarefa nada fácil para o comando do Sport.

Domingo que vem, um teste de fogo. São paulo na Ilha do retiro, onde o Leão deixou de rugir desde a 10º rodada quando venceu o Goiás por 1 x 0, e não convenceu.

Alecrim perde jogador para partida contra o Central

Nas quartas-de-final da Série D do Campeonato Brasileiro, o Alecrim/RN não poderá contar com o volante Robson. O jogador foi julgado nesta segunda-feira, dia 10 de agosto, pela Primeira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e acabou suspenso por duas partidas após decisão unânime.

Com o resultado, Robson não poderá enfrentar o Central/PE pelas quartas-de-final da Série D, em partida que ainda está marcada para domingo, no Machadão às 17 horas.

Expulso com cartão vermelho direto, aos 23 minutos do segundo tempo, por atingir um adversário com um carrinho lateral no tornozelo, Robson foi denunciado por jogada violenta – artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

O Alecrim se classificou em segundo no Grupo 3, com 10 pontos, mesmo número de pontos do líder Ferroviário/CE. O aproveitamento do time potiguar na primeira fase foi de 56%.

Fonte: Justiça Desportiva

Sport goleado pelo Inter segue na lanterna

Na estreia do técnico Péricles Chamusca nada mudou no Sport. O time rubro-negro foi facilmente batido pelo Internacional por 3 x 0, ontem, no Beira Rio e chegou à oitava partida sem vencer. Pior, o time se fixa na lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas 13 pontos em 18 jogos.

A distância entre o Santo André (16º), o primeiro fora da zona de rebaixamento, passa a ser de cinco pontos. No próximo domingo, o Leão encara o São Paulo, na Ilha do Retiro.

Aos 43 minutos, em contra-ataque rápido, a bola foi enfiada para Juliano na área. O meia-atacante dominou, deu um drible seco em Sandro Goiano e chutou forte, mas colocado, para abrir o placar. Inter 1 x 0.

Aos 6 minutos do segundo tempo, Sandro dominou na entrada da área do Sport, a zaga ficou olhando e o volante colorado chutou forte para fazer 2 x 0. O Inter encaixou vários contra-ataques, mas só conseguiu ultapassar Magrão aos 41 minutos em chute de D'Alessandro. 3 x 0.





Internacional -Lauro; Bolívar, Índio (Danilo), Sorondo e Kleber; Sandro, Guiñazu, Giuliano e Andrezinho (D'Alessandro); Taison (Marcelo Cordeiro) e Alecsandro. Técnico: Tite.

Sport -Magrão; Igor, Juliano e Renan; Elder Granja, Hamilton, Sandro Goiano, Fumagalli (Luciano Henrique) e Dutra; Ciro (Eduardo) e Wilson. Técnico: Péricles Chamusca.

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP).
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e José Amailton Pontarolo (PR).
Gols: Giulliano, Sandro e D'Alessandro (I).

Fonte : DP
Foto: Jefferson Bernardes/preview.com

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Ceará contrata Rômulo

Foi confirmada, na tarde desta segunda-feira (10), a contratação do atacante Rômulo pela equipe do Ceará.

Rômulo teria recebido propostas do Kazan Lankaran, do Azerbaijão, mas a diretoria alvinegra conseguiu negociar com o atacante e firmou contrato até 2011.

O foco do Vovô é a caminhada rumo à primeira divisão, já que vive um ótimo momento na competição, ocupando a 3ª posição no Campeonato Brasileiro Série B, distante apenas 3 pontos do Atlético-GO, líder da Série B.

Fonte : Verdes Mares

A mais nova decepção tricolor






Não é fácil explicar o Santa Cruz.

Fui bastante infeliz quando imaginei que o Central ganharia o jogo contra o Sergipe, mas o Santa não passaria pelo CSA. Infeliz, porém, acertei.
É como o cidadão que marca na loteca a coluna do seu adversário. Se ele ganhar, perde. Se ele perder, ganha.
Quase 28 mil tricolores acreditaram. E continuam acreditando. Agora, no futuro.
Dias antes de começar a Série D, o Sergipe perdia o título da Copa governador do estado para o "São Domingos" !?!?!
Dias antes de começar a competição, o CSA era rebaixado para a segundona Alagoana.
Dias antes do início da Série D, o Central não tinha um time. O Porto seria o outro representante pernambucano. Desistiu. O Central aceitou, correu atrás de jogadores, contratou Adelmo Soares. Está na próxima fase.
O Santa Cruz tem uma folha que dá quase para pagar as outras três. Está eliminado
Fotos: Genival Paparazzi

Vitória empata e torcida vaia

O Vitória perdeu neste domingo, 9, uma boa chance de se recuperar na Série A do Campeonato Brasileiro ao empatar, por 2 a 2, contra o vice-lanterna Fluminense no Barradão. Com o resultado, que mereceu as vaias da torcida rubro-negra no final, o Leão passa a ser o 9º colocado na classificação, com 25 pontos. Já o Fluminense permanece como segunda pior equipe do campeonato, com 15 pontos.

O Leão não começou bem, mas conseguiu se adiantar no placar graças a um gol de William aos 15min do primeiro tempo. A alegria, porém, durou somente até os 28min da primeira etapa, quando Luiz Alberto empatou para o tricolor carioca. Na segunda metade do jogo, o Fluminense chegou a virar a partida, graças a um golaço de Kieza aos 8min.

O susto acordou o Leão, que dois minutos depois chegou ao empate, com gol de Roger. Desde então e até o final do jogo, o time rubro-negro mostrou disposição, mas não foi suficiente para conseguir os três pontos.

No próximo domingo, 16, o Vitória vai até Goiânia, onde enfrenta o Goiás no Estádio Serra Dourada, às 16h. A partida apresenta-se complicada, pois o Esmeraldino é vice-lider do nacional, com 32 pontos, 3 a menos que o primeiro colocado Palmeiras. Jà o Fluminense enfrenta o Coritiba, no Maracanã, também no próximo domingo, às 16h, na que pode ser uma boa oportunidade para um começo de recuperação.

Fonte: A Tarde
Foto: Eduardo Martins / Agência A Tarde

Ferroviário vence Alecrim em Natal

O Alecrim lutou, mas não conseguiu manter a liderança do grupo três na série D do Brasileiro. A derrota para o Ferroviário/CE neste domingo no Machadão, 2 a 1, deu a liderança ao Tricolor alencarino que vai enfrentar o Sergipe, enquanto o Verdão medirá forças na abertura da fase de mata-mata diante do Central/PE, apontado como uma das melhores equipes da competição.

Os gols da partida foram marcados através de Wescley e Cristiano para os visitantes, enquanto Val descontou para os potiguares. A estreia da equipe na segunda fase vai acontecer no próximo domingo, em Natal.

Foto : Rodrigo Sena

Ficha Técnica

Alecrim: Isaías, Fernandes, Pantera e Rafael; Eduardo Igor (Léo Papel), Alexandre, Hécules, Chapinha (Leandro Sena) e Robson; Maurício Pantera (Wescley) e Luciano Paraíba. Técnico: Francisco Diá.

Ferroviário/CE: Jefferson, Ivan, Rafael, Lúcio e Marcelo; Válter (Clemilson), Elielton, Júnior Cearense e Diego; Wescley e Juninho (Cristiano). Técnico: Gilmar Antônio.

Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Gols: Wescley/FER (11’/2ºT), Cristiano/FER (13’/2ºT) e Val/ALE (38’/2ºT)
Público: 462 pagantes
Renda: R$ 4.150,00
Estádio: Machadão
Fonte: Tribuna do Norte

domingo, 9 de agosto de 2009

Próximos confrontos da Série D

2ª fase da Série D

confrontos

Nacional-AM x Cristal-AP
Genus-RO x São Raimundo-PA
Ferroviário-CE x Sergipe-SE
Alecrim-RN x Central-PE
Macaé-RJ x Paulista-SP
Fluminense-BA x Tupi-MG
Uberaba-MG x Brasília-DF
Uberlândia-MG x Araguaia-MT
Chapecoense-SC x Corinthians-PR
Londrina-PR x São José-RS

Resultados do Domingo

Resultados do Domingo:

Série A

Vitória 2 x 2 Fluminense



Flamengo 1 x 0 Corinthians
Barueri 1 x 0 Grêmio
São Paulo 3 x 1 Goiás
Coritiba 1 x 3 Cruzeiro

Série C

Paysandu 1 x 1 Icasa
ASA 1 x 1 Rio Branco-AC
Guaratinguetá 2 x 0 Caxias
Brasil 0 x 0 América-MG

Série D

São José 2 x 4 Brusque
Corinthians-PR 3 x 1 Pelotas
Chapecoense 4 x 3 Ypiranga
Naviraiense 1 x 2 Londrina
Araguaia 2 x 1 Anapolina
Crac 2 x 2 Brasília
Mirassol 0 x 3 Uberlândia
Uberaba 2 x 2 Ituano
Tupi 0 x 2 Madureira
Friburguense 0 x 0 Paulista
Rio Branco-ES 3 x 0 Atlético-BA
Fluminense-BA 2 x 1 Macaé
Sergipe 1 x 2 Central
Santa Cruz 2 x 2 Central
Treze 2 x 1 Flamnego-PI
Alecrim 1 x 2 Ferroviário-CE
Moto Club 3 x 0 São Raimundo-PA
Tocantins 1 x 2 Cristal