sábado, 12 de junho de 2010

Vitória e ABC ficam no empate no Barradão

Em partida realizada neste sábado, no Barradão, em Salvador, Vitória e ABC empataram em 2 x 2, pela 2ª rodada do campeonato do Nordeste.

O atacante Zulu fez os dois gols do ABC, enquanto que, Renato e Schwenck de pênalti empataram para o rubronegro baiano.

O Vitória volta a campo na quarta-feira, no Estádio Roberto Santos, quando enfrentará o Bahia. O jogo começará às 21:15hs.

O ABC recebe o Sergipe no Frasqueirão, também na quarta-feira, às 19 horas.

Ficha Técnica - Futebol Baiano

Vitória 2 x 2 ABC
Campeonato do Nordeste - 2ª rodada
Data:
 12/06/2010 (sábado), às 18h
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador
Arbitragem: Francisco Carlos Nascimento (AL) auxiliado por Thalis Augusto Monteiro (AL) e Lehnon Maccatey Farias (AL)
 Vitória: Vinicius, Rafael Granja, Vilson, Gabriel e Maurim (Fernando); Marconi, Fernando, Evandro (Renato), Renan Oliveira e Lenilson (Jackson); Schwenck. Técnico: Flávio Tanajura
 ABC: Welligton; Ronaldo, Tiago Garça, Leonardo e Renatinho; Basílio, Ricardo Oliveira, Claudemir e Cascata; Zulu e João Paulo (Ederson). Técnico: Leandro Campos


Brasão treina e pode jogar neste domingo


O técnico do Santa Cruz Dado Cavalcanti realizou um coletivo na manhã deste sábado, mas não revelou se definiu a equipe que enfrenta o Fluminense/BA, neste domingo, pela segunda rodada do Campeonato do Nordeste.

No treinamento, o treinador escalou a seguinte equipe: Tutti; Menezes, Wellington e Leandro Cardoso; Osmar, Dedé, Goiano, Jackson e Paulo César; Brasão e Souza. 

As mudanças com relação ao time que atuou na última partida foram três: o zagueiro Luiz Eduardo não pôde treinar devido a um problema intestinal, sendo substituído por Wellington; e o volante Dedé foi deslocado da lateral-direita para o meio de campo, na vaga que era de Evandro, abrindo espaço para a reestreia de Osmar, recém-chegado ao clube. A outra foi no ataque. Brasão, recuperado de lesão, foi testado ao lado de Souza. Quem saiu foi Joelson.



Fonte: SuperEsportes

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Saiu o ganhador da camisa da Timbunet


Fernando Ferrão, é o internauta ganhador da camisa da Timbunet.

Em breve estaremos entregando o brinde ao ganhador.

Agradecemos aos amigos Léo Lemos e Paulo Araújo e a todos que fazem o site www.timbunet.com.br.

É mais uma promoção "Vista a camisa do Nordeste"

Jogadores relacionados do Bahia para jogo contra América-RN


Por Jayme Brandão
O técnico João Marcelo divulgou a lista de concentrados para o jogo deste sábado contra o América-RN.
O meia Mauricio, com dores no pé direito e o atacante Cacá, com torcicolo, foram vetados para a partida.
As novidades da lista são os volantes Robinho e Lenine, além do atacante Wilson Júnior, todos oriundos do time júnior que disputou a Taça BH.
Confira a lista completa:
GOLEIROS: Rubens e George
LATERAIS: Dênis e Bebeto
ZAGUEIROS: Átila, Douglas, Diego e Araújo
VOLANTES: Pink, Pablo, Robinho e Lenine
MEIA: Roberto
ATACANTES: Wilson Júnior, Aleilson, Jhulliam e Maranhão.

Náutico inocentado no STJD

O apagão ocorrido no jogo contra o Bragantino não atrapalhou a vida do Náutico no Campeonato Brasileiro da Série B. Depois das argumentações da defesa do Timbu, a Quarta Comissão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) entendeu que o clube não teve culpa do incidente e o absolveu. Após o risco de perder um ponto, com esse resultado o Náutico permanece na quarta colocação, com 14 pontos. O Bragantino acabou não recebendo os dois pontos do jogo e permanece como 13º colocado, com oito pontos.

No jogo em questão, realizado no dia 21 de maio, os times empataram por 1 a 1, mas somente após a volta da iluminação depois de mais de uma hora de espera para o pontapé inicial. Por conta disso, o Náutico poderia perder o único ponto conquistado e o Bragantino ganhar os dois que faltavam para somar os três pontos que valiam a partida.

No STJD, antes da leitura do relatório do processo, a defesa do Náutico juntou aos atos um documento da empresa que cuida da iluminação dos Aflitos no qual atesta a inocência do clube. Em sua defesa, o advogado do clube, Osvaldo Sestário, disse que foi um acontecimento externo, bem atípico e que não estava programado. "O jogo ocorreu normalmente e todos entenderam que não poderiam fazer nada".

Depois disso, o próprio procurador Paulo Salomão pediu a palavra e para dizer que o Náutico não tinha culpa alguma quanto ao apagão e assim disse não ver motivos para o clube ser punido. Na votação, de forma unânime todos os auditores entenderam que o Náutico não teve qualquer influência ou responsabilidade quanto ao apagão nos Aflitos, e assim o absolvera.

O clube pernambucano respondeu ao artigo 206 (dar causa ao atraso do início da realização de partida) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê como pena a multa de R$100 a R$ 1 mil. Mas em seu parágrafo 1º, que determina que “se o atraso for superior ao tempo previsto no regulamento da competição da respectiva modalidade (ou seja, 30 minutos), o infrator responderá pelas penas previstas no artigo 203”. Nesse caso, o clube passou a correr o risco de ser multado de R$ 100 a R$ 100 mil e ainda perder os pontos em disputa em favor do adversário.

Ramirez suspenso, mas livre

Expulso na mesma partida, o volante Ramirez foi julgado sob a acusação de praticar jogada violenta, uma vez que a súmula relata um calço no tornozelo de um adversário. Os auditores entenderam que o jogador merecia a punição de uma partida de suspensão. Três auditores votaram pela suspensão de uma partida, enquanto outros dois votos entendiam que o jogador deveria ser absolvido. Segundo o artigo 254 do CBJD, o jogador poderia ser suspenso de uma a seis partidas. Com o resultado, o jogador está livre para pegar o ASA, no dia 13 de junho, quando voltará o Campeonato Brasileiro da Série B, após a Copa do Mundo.

Sobre o jogador Ramirez, o advogado Osvaldo Sestário disse que acabou ocorrendo um encontrão entre os jogadores, o que, segundo ele, é um lance bem típico do futebol. "Ele não teve a intenção de fazer a falta. O máximo que se pode dizer é que o jogador foi imprudente".

Fonte: STJD

ABC já em Salvador para confronto com o Vitória

O elenco alvinegro encerrou na manhã desta sexta-feira (11) os preparativos para a partida diante do Vitória/BA, marcada para este sábado (12), às 18h, no estádio Barradão, em Salvador (BA).

A delegação alvinegra mal desembarcou na capital baiana e logo seguiu para o CT do Banco do Brasil, onde fez o último treinamento antes do confronto. O treinador Leandro Campos (foto) conversou rapidamente com o grupo no centro do gramado, e em seguida, os jogadores foram divididos e participaram de uma atividade leve, apenas um recreativo, o famoso “rachão”.
Após o trabalho, o elenco retornou ao hotel, onde almoçou. Depois, os atletas foram para os quartos para dar sequência ao regime de concentração, e repousarão durante toda a tarde, se recuperando da desgastante viagem.
Fonte: ABCFC

Vitória conta com artilheiro Schwenck para enfrentar ABC


Desde o Campeonato do Nordeste de 2002 que o Vitória não joga com o ABC de Natal (RN). Naquele ano, no Estádio Machadão, em Natal, houve empate de 1 a 1. Neste sábado, às 18 horas, no Barradão, o rubro-negro volta a enfrentar o adversário potiguar em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato do Nordeste, interrompido em 2003.

Vindo de uma derrota para o CRB, por 1 x 0, quarta-feira em Maceió, o rubro-negro precisa da reabilitação. Interinamente no comando da equipe, o assistente técnico Flávio Tanajura fará mudanças.

Uma delas é o retorno do goleador Schwenck (foto). O jogador se reapresentou quinta-feira depois da folga de três dias, e está escalado.

Já o volante Neto, que também se reapresentou quinta-feira, foi vetado pelo Departamento Médico por ter sofrido um trauma no joelho na partida com o Atlético (PR) pelo Campeonato Brasileiro.

Flávio Tanajura deve voltar a improvisar o lateral Jonas na função de volante. O time concluiu a preparação nesta sexta-feira, pela manhã, e concentrou na chácara Vidigal Guimarães.

Goleiros
Vinicius e Lee
Laterais
Léo, Jonas e Maurim
Zagueiros
Vilson e Gabriel Paulista
VolantesFernando e Marconi
MeiasRenato, Rafael Cruz, Evandro, Artur Maia, Lenilson e Kleiton Domingues
Atacantes
Renan Oliveira, Edson, Jacson e Schwenck.

Fonte: Vitória
Foto: Correio

América recebe Bahia no Machadão


Na partida deste sábado(12) contra o Bahia às 20h15, no Machadão, pela segunda rodada do Campeonato do Nordeste, o América mudará a equipe para encontrar novamente o caminho das vitórias em Natal, o que não acontece há mais de dois meses.
“A gente precisa voltar a somar três pontos jogando em casa. Numa competição de pontos corridos, é indispensável fazer uma campanha vitoriosa em casa, por isso vamos dar mais ofensividade à equipe que empatou no clássico”, afirmou o técnico Gilmar Iser.

No ataque alvirrubro, Ronny terá a companhia de Fábio Neves (foto) que ganhou a posição de Flávio Recife, no último coletivo antes da partida. “É um momento difícil que a vitória não está vindo, mas estamos criando oportunidades de gol e acredito que nesse jogo vamos sair vitoriosos”, disse Fábio Neves.
Mudanças também ocorrerão no setor defensivo, o “xerife” Robson treinou entre os titulares, no lugar de Asprilla, com Edson Rocha e Jackson. Já no meio-campo Júlio Terceiro deu lugar ao lateral Thoni, deslocando Juninho para a armação de jogadas. Apesar de não confirmar oficialmente a escalação da equipe, Gilmar Iser gostou das alterações durante o último treino antes do jogo contra Bahia.
“São boas opções que posso armar a equipe, na defesa ainda tem o Adalberto que pode entrar e ficarmos com três zagueiros de origem. No ataque Fábio Neves me agradou bastante e deve começar jogando”, afirmou Gilmar Iser.
O time do América pode iniciar o jogo com a seguinte formação: Rodolpho, Edson Rocha, Robson, Jackson; Emerson, Júlio Terceiro, Saulo, Juninho, Berg; Ronny e Fábio Neves. Técnico Gilmar Iser.
De Júlio César Rocha para Redação do DIARIODENATAL.COM.BR

Sport fará intertemporada em Maria Farinha



Finalmente a diretoria do Sport divulgou o local onde o clube fará sua intertemporada. Nada de Paraíba ou Alagoas como muitos especulavam. Os rubro-negros continuarão em Pernambuco, mais precisamente em Maria Farinha, praia localizada na zona norte do estado.
Os atletas ficarão hospedados no Hotel Amoaras. Já os treinamentos serão realizados no Centro de Treinamento José Médicis, o popular CT do Leão. A fase de preparação do elenco leonino começa nesta terça-feira e termina no dia 1º de julho. De acordo com a assessoria de imprensa do Sport, os trabalhos serão fechados para a imprensa e para a torcida.
Fonte: SuperEsportes

Técnico do Náutico foi oferecido ao Atlético-GO




O Atlético-GO ainda não encontrou um substituto para assumir a vaga deixada por Geninho. Na lista de possíveis pretendentes já surgiram nomes como os de Sérgio Soares, Andrade e René Simões. Mas até agora nenhum foi confirmado, muito devido aos limites financeiros do clube, que não são muito altos.
Nesta sexta-feira, foi a vez de Alexandre Gallo, que atualmente está treinando o Náutico, ser oferecido ao Dragão. Mesmo sendo um dos que podem satisfazer a meta orçamentária do Atlético, o técnico não deve ser o nome que irá comandar a equipe rubro-negra, como explica Adson Batista.
– Estamos buscando um nome que se encaixe no nosso perfil, mas até agora não encontramos nada de concreto. Alguns técnicos foram oferecidos, mas nada está definido – garantiu o diretor de futebol.
A meta da diretoria é apresentar o novo técnico até segunda-feira.

Fonte: Lance
Foto: Globo

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Fluminense de Feira recebe reforços para o 2º semestre


O Fluminense de Feira de Santana anunciou mais duas contratações visando a sequência da temporada 2010, quando disputa a Copa do Nordeste, o Campeonato Brasileiro da Série D e a Copa Governador Jaques Wagner: o zagueiro Roni Souza, vindo da Catuense, e o atacante Roni, que esteve no Vitória da Conquista no Campeonato Baiano.

O zagueiro Roniere Félix de Souza, o Roni Souza, tem 24 anos e surgiu nas divisões de base da Catuense. O seu estilo de jogo técnico agradou aos dirigentes tricolores e ao treinador Ubirajara Veiga, que estiveram acompanhando algumas partidas da 2ª divisão baiana, cujo time de Catu disputou e foi desclassificado na fase semifinal.

O atleta chega cheio de expectativas em relação ao novo clube. “Todos sabem da força e tradição do Fluminense, que tem três competições para disputar. Isso para o jogador é muito bom e eu espero corresponder às expectativas e fazer uma grande participação aqui”, disse o jogador. 

Já o atacante Roni se apresentou ao Fluminense e  deve intensificar os treinamentos para ficar em condições de jogo o mais rápido possível. Ronieli Silva do Nascimento, o Roni, é natural da cidade Bayeux/PB, tem 26 anos e tem uma boa experiência no futebol. Já atuou nos seguintes clubes: Santa Rita/AL; Clube Atletico Pernambucano/PE ;Real Sociedade Independente/RN;  Potiguar Esporte Clube/RN; Alecrim Futebol Clube/RN e Santa Cruz/PE.

Seu último clube foi o Vitória da Conquista, onde disputou o Campeonato Baiano e foi um dos artilheiros do time com três gols assinalados. A sua contratação foi uma indicação do treinador Ubirajara Veiga. “Estou feliz de jogar aqui porque o Fluminense é um grande clube, que tem uma torcida apaixonada e eu espero contribuir muito para que sejamos bem sucedidos nas competições que disputarmos”, declara Roni.


Assessoria de Comunicação

Náutico estreia com Vitória no "Nordestão"


O Náutico estreou com vitória no Campeonato do Nordeste, nesta quinta-feira, nos Aflitos. O Timbu venceu o Ceará por 2x1, com um gol marcado aos 46 minutos do segundo tempo através de uma cobrança de pênalti de Giovanni. Os outros dois gols do jogo foram marcados por Lopes, para os cearenses, e Eric, para o Timbu.

O primeiro tempo da partida foi marcado pela forte marcação no meio de campo e os vários erros de passes dos dois lados. Esses dois fatos podem ser explicados pela falta de ritmo de jogo e entrosamento dos dois times, que entraram no Nordestão com um elenco formado por profissionais que não vinham sendo utilizados no Brasileiro e alguns atletas dos juniores.

Nas poucas jogadas criadas na primeira etapa, apenas o Ceará conseguiu chegar ao gol. Após um excelente passe do meia Lopes para Wellington Amorim, já dentro da área do Náutico, o zagueiro Saulo fez falta e o árbitro marcou pênalti. Lopes pediu para cobrar e abriu o placar nos Aflitos.

Após o gol, o Náutico tentou sair mais para jogar, mas sofria no momento em que precisava se defender, principalmente no lado esquerdo, onde Wellington não tinha ajuda para parar as investidas adversárias. A chance mais clara do Timbu no primeiro tempo foi com Erivelto, que recebeu duas bolas dentro da área e não conseguiu empatar.

O Náutico voltou bem melhor na segunda etapa, principalmente com o meia Giovanni, o principal articulador das jogadas do Timbu. O problema é que apenas ele parecia ligado no jogo. Os demais atletas perdiam passes fáceis e conseguiam destruir as principais jogadas ofensivas.

Uma das oportunidades mais claras de empatar a partida surgiu com um lançamento de Nilson para Thiago Lima, que chutou forte. Michel Alves fez uma excelente defesa e salvou o Ceará. Porém o gol não iria demorar a sair. Aos 34, Dinda tocou para Eric completar e fazer a festa por pouco mais de mil torcedores presentes nos Aflitos.

No final da partida, em uma jogada individual, Thiaguinho recebeu uma falta dentro da área e o árbitro marcou falta para o Náutico. O meia Giovanni chamou a responsabilidade, pegou a bola, cobrou e virou o jogo nos Aflitos.

Náutico 2

Rodrigo Carvalho; João Ananias (Eric), Wallace, Saulo, Wellington, Nilson, Dinda, Tiago (Marcelo), Giovanni, Thiago Lima, Erivelto (Thiaguinho). Técnico: Sérgio China.

Ceará 1 

Michel Alves; Luisinho, Pablo, Jorge Luiz, Jorge Henrique, Douglas, Wellington Amorim (Clodoaldo), Toni (Renato), Júnior Cearense, Lopes (Oziel), Eusébio. Técnico: Acássio.

Local: Aflitos
Árbitro: George Alves Feitosa (AL)
Auxiliares: Rondineli Tavares e Fernando Maciel (Ambos de AL)
Gols: Lopes (C), Eric e Giovanni (N)
Cartões amarelos: Pablo, Douglas (CE) e Saulo (N)
Público: 1.126
Renda: R$ 8.020



Fonte: SuperEsportes

Confiança 3 x 2 Botafogo-PB




Fonte: ItararéEsportes

Treze 2 x 1 Sergipe




Fonte: ItararéEsportes

América 1 x 3 Chã Grande

O América recebeu o Chã Grande no estádio Ademir Cunha, em Paulista, pela Série A2 do campeonato Pernambucano. E perdeu o jogo por 3 x 1.

Com esse resultado o time do Chã Grande que é comandado pelo técnico Roberto de Jesus assume a 2ª colocação do Campeonato Pernambucano da Série A2,com 11 pontos e o América estaciona com 10 pontos na 5ª colocação.

Vale ressaltar que em dois jogos que o técnico Roberto de Jesus assumiu o comando fora de casa conquistou dois triunfos vencendo o 1º de Maio em Petrolina por 4x1 e agora desbancou o Mequinha por 3x1 no Ademir Cunha em Paulista.

Gols: Eduardo(A)Sandro Miguel,Cléber Monteiro e Nenem(D)

O Chã Grande só voltará a jogar no dia 19 de Junho,jogo válido pela Oitava rodada da Série A2,já o América tentará a reabilitação em casa diante do Belo Jardim válido pela Sétima rodada da Série A2 no próximo domingo(13) ás 15:15.

Fonte: Blog do Berg

Ceará estreia contra o Náutico nos Aflitos



Fonte: Jangadeiro

Presidente da Liga do Nordeste reafirma confiança na competição

CRB 1 x 0 Vitória



Fonte: PCajueiro

Bahia 1 x 2 CSA



Fonte: Futebol da Bahia

Fortaleza 2 x 2 Santa Cruz




Fonte: Leonardo26PE

Bahia perde para o CSA em Salvador

A TARDE On Line
O Bahia perdeu por 2 a 1 em sua estreia no Campeonato do Nordeste nesta quarta-feira, 9, contra o CSA-AL. O time tricolor jogou com uma equipe reserva, formada por jogadores da base e contratados que não vinham sendo muito aproveitados na Série B. O comando do time ficou a cargo de João Marcelo, auxiliar- técnico de Renato Gaúcho e campeão brasileiro de 1988.
O desentrosamento do time ficou claro com o domínio da equipe alagoana. A torcida parecia prever o fraco desempenho do time tricolor e compareceu em pequeno número — menos de 3 mil torcedores.
Na segunda rodada do Campeonato do Nordeste, o Bahia enfrentará o América/RN, fora de casa, no Estádio Machadão, em jogo antecipado do dia 13 para o dia 12. A terceira partida do tricolor no torneio será o clássico Ba-Vi, dia 16, às 20h30, no Estádio de Pituaçu. 
Aleílson comemora o primeiro gol da partida. Foto: Fernando Amorim/Agência A TARDE.
O jogo - O primeiro tempo começou como o prenúncio de um bom desempenho do time tricolor em sua estreia no Campeonato do Nordeste. Logo aos três minutos, Roberto fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para complementar de perna direita e abrir o placar em Pituaçu.
Após o gol, o Bahia se encolheu em campo. O CSA não se intimidou por sair atrás no confronto e conseguiu equilibrar a partida com um bom toque de bola e maior volume de jogo.
O time alagoano chegou ao empate em pouco tempo. Aos 11 minutos, o volante Serginho percebeu o posicionamento ruim do goleiro Rubens e chutou da intermediária, fazendo um golaço.
Encurralado em seu campo defensivo pelo CSA, o Bahia perdeu o domínio do meio de campo e via o clube alagoano chegar com facilidade em sua área. O primeiro tempo terminou com a superioridade do time de Alagoas.
O Bahia começou o segundo tempo de forma insinuante. Aos dez minutos, Cacá chutou rasteiro, no meio da zaga alagoana, que conseguiu desviar para a linha de fundo. Após a cobrança do escanteio, o time tricolor quase chegou ao segundo gol em cabeçada na pequena área.
O ímpeto tricolor foi caindo ao longo da etapa complementar, propiciando ao CSA retomar o comando da partida e as principais articulações do jogo.
Aos 40 minutos, Celso cruzou rasteiro, o zagueiro Átila furou e a bola sobrou para Alexsandro bater fraco. O goleiro Rubens chegou atrasado na bola e não conseguiu evitar o segundo gol alagoano. CSA 2 a 1.
No final da partida, o Bahia quase chegou ao empate em cobrança de falta de Bebeto, no canto superior esquerdo de Anderson, que conseguiu fazer a defesa e garantir a vitória do time de Alagoas.

Confiança derrota Botafogo-PB no Batistão



Confiança começou tímido mas logo ganhou espaço na partida (Fotos: Portal Infonet)
O Confiança estreou no Campeonato do Nordeste com o pé direito. O time venceu o Botafogo (PB) por 3 a 2 no Batistão, pela primeira rodada da competição, na noite desta quarta-feira, 8. O jogo começou com um minuto de silêncio em homenagem ao ex-atleta azulino Dudu Carcará, falecido na última sexta-feira, 4.



Apesar de uma certa timidez nos primeiros minutos, o Dragão logo ganhou espaço na partida e partiu para cima do adversário. A primeira chance real de gol veio aos 16 minutos, quando Amauri avançou pela área e chutou forte, mas o goleiro do time paraibano agarrou. Dois minutos depois um vacilo na defesa do Botafogo abriu espaço na área e, após um cruzamento, Edson Sá recebeu a bola, mandou no fundo da rede e inaugurou o placar.


Mesmo com mais presença no campo, a equipe azulina não conseguiu conter o adversário e, aos 32 minutos, veio o empate. Com um contra-ataque rápido, o Botafogo avançou pela área. Camilo bateu no cantou do gol e marcou. Rapidamente o Confiança tentou reverter o placar. Aos 33 minutos, depois de um cruzamento com Ciro, Amauri mandou para o gol, mas a bola saiu, dando um susto no goleiro Genivaldo.

Botafogo tentou virar o jogo até os últimos minutos


Dez minutos mais tarde veio o desempate. Cristiano Alagoano dominou a bola na entrada da área e, após uma triangulação, mandou a bola para a meia-lua; Alex Franco chegou com velocidade e mandou forte pelo canto direito, sem dar chances para a defesa do Botafogo. Sem prorrogação e com uma marcação cerrada em cima do Confiança, o árbitro finalizou o primeiro tempo sem prorrogação.


Logo nos três primeiros minutos da segunda etapa de jogo, o Confiança marcou novamente. O terceiro gol veio com Cristiano Alagoano, de cabeça, depois de receber a bola de Paulinho Potiguar, em uma jogada iniciada com uma cobrança de falta por Edson Sá. O Botafogo insistiu e conseguiu diminuir a diferença aos 30, quando Tinho marcou o gol. Nem mesmo com uma falta perigosa, aos 44 minutos, a equipe paraibana conseguiu empatar novamente. Ricardo cobrou forte, mas mandou a bola para fora da trave. Ao Confiança restou segurar a bola, sem partir mais para o ataque, a fim de garantir o resultado.


Fonte: Infonet

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Santa Cruz fica no empate com Fortaleza

O futebol não foi o esperado, mas o resultado de empate em 2x2 com o Fortaleza foi bastante comemorado pela equipe do Santa Cruz na estreia do Campeonato do Nordeste, nesta quarta-feira, no Castelão. O tricolor pernambucano passou praticamente todo o jogo no setor defensivo, mas nas vezes que foi ao ataque conseguiu marcar os gols necessários para garantir o primeiro ponto na competição. Jackson e Menezes marcaram para os corais, enquanto Jonhes e André Turato fizeram os gols do tetracampeão cearense.

Assim como aconteceu durante o Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz mostrou falhas sérias no setor defensivo e uma falta de criatividade que vem se tornando uma constante na equipe. Com Jackson apagado na maior parte do tempo, Elvis e Brasão machucados, o time foi sofrível no setor ofensivo.

O Santa Cruz foi completamente envolvido pelo Fortaleza durante praticamente todo o primeiro tempo. Os tricolores não conseguiam trocar passes e tinha dificuldades para chegar na área adversária. Enquanto isso, o tricolor cearense dominava o meio de campo e chegava com facilidade ao gol coral.

Apesar do domínio do Fortaleza, foi o Santa Cruz que abriu o placar no único chute a gol na primeira etapa. Aos 29 minutos, Jackson recebeu na entrada da área, driblou um adversário e chutou forte, sem chance para Fabiano.

Após tomar o gol, o Fortaleza foi com tudo em busca do empate e encontrou um Santa recuado. Depois de muita pressão do adversário, grandes defesas de Tutti e uma bola na trave, os donos da casa chegaram ao empate com Jonhes, que aproveitou um cruzamento na área e tocou por cima do camisa um coral.

Nem mesmo a conversa com o técnico Dado Cavalcanti no intervalo da partida conseguiu mudar a forma do Santa Cruz jogar. A equipe voltou da mesma forma, sem criatividade, sem cobertura nas laterais e com uma marcação que apenas assistia aos adversários jogarem.

O resultado não poderia ser diferente. Aos 19 minutos Peter cobrou uma falta da direita na cabeça do zagueiro André Turato, que cabeceou de forma fulminante, no fundo das redes do tricolor pernambucano.

O Santa Cruz não desistiu e foi em busca do empate, que saiu aos 32 minutos, com uma cabeçada do zagueiro Menezes após cruzamento do meia Vitor Hugo. No final, o próprio Vitor Hugo chutou forte, de dentro da área, para fora.

Fortaleza

Fabiano; Peter, Leomar, André Turato, Guto, Ricardo, Bruno de Jesus (Coquinho), Bismarck (Gaibu), Paulo Isidoro (Tatu), Jonhes, Reginaldo Júnior. Técnico: Zé Teodoro

Santa Cruz

Tutti; Luiz Eduardo, Leandro Cardoso e Menezes (Júlio César); Dedé, Goiano, Evandro (Wellington), Jackson e Paulo César; Joelson (Vitor Hugo) e Souza. Técnico: Dado Cavalcanti

Local: Castelão
Árbitro: Ítalo Medeiros (RN). 
Assistentes: José da Silva Sobrinho (RN) e Valdomir Antônio (RN).
Gols: Jackson (29 minutos do 1ºT), Jonhes (39 minutos do 1ºT), André Turato (19 minutos do 2ºT), Menezes (32 minutos do 2ºT)
Cartões amarelos: Bruno de Jesus (Fortaleza), Luiz Eduardo, Souza e Evandro (Santa Cruz)



Fonte: Super Esportes



CRB vence Vitória na estreia do Nordestão


O CRB conseguiu um grande resultado na primeira rodada do Campeonato do Nordeste. Na base da raça, postura exigida pelo técnico Celso Teixeira, o time alvirrubro derrotou o Vitória-BA por 1 a 0, na tarde desta quarta-feira (9), no Estádio Severiano Gomes Filho, em Maceió.

A vitória veio em grande estilo, contra um adversário forte, que está na final da Copa do Brasil e está na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O resultado foi definido graças ao gol de Edmar na segunda etapa, aproveitando um cruzamento do lateral esquerdo Renatinho.

Com a vitória, o CRB conquistou os primeiros três pontos na competição. Na próxima rodada, o Galo vai até Aracajú no próximo domingo (13), às 16 horas, no Estádio Lourival Batista (Batistão). No sábado, o Vitória enfrenta o ABC-RN no Estádio Manoel Barradas, às 18 horas, em Salvador.
FICHA TÉCNICA CRB 1x0 VITÓRIA-BA

Campeonato do Nordeste (1ª Rodada)
Estádio: Estádio Severiano Gomes Filho, em Maceió (AL)
Data/hora: 09/06/2010 – 15 horas (de Brasília)

Árbitro: José Renato (PB)
Auxiliares: Kilden Tadeu (PB) e Broney Machado (PB)

Gol: Edmar (CRB) 20’ – 2 Tempo

Cartões amarelos: Renatinho (CRB) 15’; Jonas (Vitória) 21’; Fabinho (CRB) 31’ (1 Tempo); Amaral (CRB) 12’; André Silva (CRB) 26’; Arthur Maia (Vitória) 35’ (2 Tempo)

Equipes:

CRB – Carlos Carioca; Leandro, Toninho e Pedrosa; Amaral, Fabinho (Jhonnatan), André Silva, Ewerton e Renatinho; Edmar (Ivan) e Emílio (Edson Di)

Técnico: Celso Teixeira

VITÓRIA – Vinícius; Léo, Gabriel, Vilson e Maurim (Clayton Domingues); Marcone, Fernando, Jonas (Edson) e Evandro (Arthur Maia); Lenílson e Renan Oliveira

Técnico: Flávio Tanajura



Fonte: Maceió Agora

Santa estreia no Campeonato do Nordeste

O torcedor coral aguardou 42 dias para voltar a acompanhar o Santa Cruz em campo. Durante o período, viu o Sport vencer o Náutico e levantar o título estadual, sete rodadas dos rivais pernambucanos dentro da Série B, convocação do ex-tricolor Grafite para a Copa do Mundo, definição dos grupos da Série D e outros relevantes fatos esportivos para o estado. 

Nesta quarta-feira, às 21h, chega o momento de retomar a vibração, cessada com a desclassificação do Estadual nas semifinais. O time estreia na Copa do Nordeste contra o Fortaleza, recentemente sagrado tetracampeão cearense. Jogo difícil, haja vista os inúmeros desfalques e o fato de o estádio Castelão provavelmente estar lotado.

Da conquista do Campeonato Cearense até hoje, passaram-se 38 dias. No entanto, último dia 29 de maio, o Fortaleza entrou em campo em amistoso de entrega de faixas contra os reservas do Boca juniors. O Leão do Pici derrotou a equipe argentina por 3 x 1. O grupo utiliza o início do Nordestão como alicerce de preparação para a disputa da Série C. Dos11 titulares, sete atuaram frente ao Ceará, durante a final estadual.

O tricolor pernambucano conta com três importantes desfalques para o duelo contra o tricolor cearense. O volante Léo realizou recente cirurgia de extração de dente e ainda se recupera de lesão pubiana. Última segunda-feira, o atacante Brasão se lesionou durante o treinamento - sente dores no tendão de aquiles. Ontem, Gilberto, substituto direto, torceu o tornozelo e recebeu o veto do departamento médico. O cabeça-de-área Evandro e o centroavante Souza tendem a ocupar as lacunas.

Outros dois atletas compõem o movimentado departamento médico tricolor. Natan sofreu um estiramento sobre o músculo adutor da perna direita. Companheiro de posição, o meia Thiago Laranjeira está "de molho", cuidando do joelho operado em 2009. Após o treino de ontem, a região se mostrou bastante inchada.

Diante das contusões, o treinador Dado Cavalcanti preferiu não dar pistas de como deve armar o time. O técnico confirmou a possibilidade de surprender o adversáriodentro da formação tática, ou seja, a dúvida entre o 4-4-2 e o 3-5-2 vai durar até os últimos minutos antes da partida.

Mudança - O duelo entre Santa Cruz e Fluminense/BA, válido pela segunda rodada do Nordestão, antes marcado para as 18h de sábado, foi alterado para as 18 do próximo domingo.

Ficha do jogo:

Fortaleza

Fabiano; Peter, Leomar, André Turatto e Guto; Ricardo Baiano, Bruno de Jesus, Bismarck e Paulo Isidoro; Jhones e Reginaldo Júnior.
Técnico: Zé Teodoro

Santa Cruz

Tutti; Luiz Eduardo, Leandro Cardoso e Menezes; Dedé, Goiano, Evandro, Jackson e Paulo César; Joelson e Souza.
Técnico: Dado Cavalcanti

Local: Estádio Castelão (Fortaleza). Horário: 21h. Árbitro: Ítalo Medeiros (RN). Assistentes: José da Silva Sobrinho (RN) e Valdomir Antônio (RN).



Fonte: Super Esportes

Confiança enfrenta Botafogo-PB no Batistão



O Confiança está ponto para a estréia no Campeonato do Nordeste. Nesta quarta-feira, às 20h30, no Batistão, o time proletário enfrenta o Botafogo da Paraíba. Para esta partida, o técnico Maurício Simões (foto) relacionou 19 jogadores.
 
Segundo o comandante proletário, o Confiança joga em casa e tem a obrigação de vencer. “Nada melhor do que começar uma competição ganhando. Vamos atuar no Batistão e com o apoio de nossa torcida. Se conseguirmos os três pontos, iremos enfrentar o CSA, em Maceió, com mais autoconfiança”, destacou Simões.
 
“Os atletas estão cientes da responsabilidade. Nestes 15 dias que cheguei ao Confiança, realizamos bons treinamentos. Trabalhamos algumas variações táticas e colocaremos em prática nos jogos. Com todo respeito aos adversários, nosso lema é vencer, vencer ou vencer”, voltou a destacar Maurício Simões.
 
RELACIONADOS                           
 
Para enfrentar o Botafogo, da Paraíba, Simões relacionou 19 atletas. São eles: os goleiros Humberto e Rodrigues, os zagueiros Gonçalves, Valdson, Ricardo Brás , Leonardo e Claudio Baiano, os laterais Vovô e Paulinho Potiguar, os volantes Alex Franco, Raulino e Roberto, os meias Ciro, Edson Sá e Nenê, além dos atacantes Cristiano Alagoano, Amauri, Michel e Etinho.
 
Assessoria de imprensa- Anderson Machado