sábado, 28 de abril de 2012

Carpegiani é o novo técnico do Vitória




carpegiani(1)
Finalista do Campeonato Baiano, o Vitória anunciou na noite deste sábado Paulo César Carpegiani, 63, como novo técnico da equipe. Segundo nota emitida pelo clube, o treinador será apresentado na manhã de segunda-feira.
O anuncio foi feito pelo gerente de futebol Raimundo Queiroz em entrevista coletiva após a vitória sobre o Feirense por 3 a 2, no Barradão, na semifinal do Estadual.
Desde que deixou o São Paulo, em 7 de julho de 2011, Carpegiani não trabalhou em mais nenhum clube. O treinador já passou pelo Vitória (2009) e foi campeão Estadual.”Eu tinha prometido que após o jogo daria uma entrevista coletiva para dar explicações a alguns fatos. O primeiro deles é a confirmação de Paulo César Carpegiani como novo treinador e a manutenção da comissão técnica. E a partir da segunda a apresentação do Ednilson [Sena], preparador físico. Carpegiani só vem com o Rodrigo [seu filho], um dos auxiliares. O outro será Ricardo Silva”, disse Queiroz.
O Vitória começou a temporada sob o comando de Toninho Cerezo, mas desde sua demissão estava sendo dirigido de forma interina por Ricardo Silva.

Vitória vence o Pinheirense/PA e o gramado ruim pela Copa do Brasil




WIGGERS2
Para chegar a semifinal da Copa do Brasil o Vitória deu um passo importante ao vencer o Pinheirense/PA, fora de casa, por 2×0 na partida de ida das quartas de final, neste sábado (28), no estádio Abelardo Conduru, em Belém (PA).
E por falar em estádio, o gramado e a estrutura do Abelardo Conduru estão entre as de piores condições para prática esportiva. No Pará o ‘Abelardão’ está entre os piores. Com as chuvas que caíram na cidade a situação do gramado que já é muito ruim, ficou bem pior.
Era preciso mesmo mandar a campo o melhor ataque do futebol brasileiro na atualidade e com ele o Vitória abriu o placar com Ketlen Wiggers (artilheira do Pernambucano FACOL) aos 18 minutos do primeiro tempo e aumentou aos 11 minutos da etapa complementar com Carol Baiana.
As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 5 de maio, às 20h, no estádio Carneirão, em Vitória de Santo Antão (PE). O time pernambucano garante a vaga na próxima fase com um empate, ou até mesmo, uma derrota por diferença de um gol.
Antes deste compromisso o Vitória entra em campo pelo Pernambucano na primeira partida da final contra o Sport na próxima terça-feira (1), às 15h, na Ilha do Retiro. O jogo terá transmissão ao vivo da TV Nova Nordeste.


FICHA DO JOGO
COPA DO BRASIL FEMININA 2012
Estádio: Aberlado Condurú, Belém/PA
Árbitro: Francisco Pereira de Lima Júnior (PI)
Assistentes: Márcia Fernandes Lima e Izaura Souza e Silva (ambas do PI)
Gols: Ketlen aos 18 min. 1T e Carol Baiana aos 11 do 2º T (Vitória)

Pinheirense (PA) 
Zany; Natália, Jéssica Paredão, Marla Farias e Kelohane (Mayara); Sara, Cíntia (Andreza), Raquel e Pingo (Flávia); Perotes e Wal. Técnico: José Mercy
Vitória (PE) 
Thaís Picarte, Maria, Arruda, Zizi (Camila) e Joice; Cida, Sandrinha, Bia (Aline Xavi) e Ketlen; Carol Baiana e Thaisinha (Taliane). Técnico: Caio Couto.

CONFIRA OUTROS RESULTADOS DA COPA DO BRASIL.
Pinheirense/PA 0×2 Vitória/PE
Vasco/RJ 0×0 Centro Olímpico/SP
Foz Cataratas/PR 1×0 São José/SP


Concorrência aumenta salários em rádio no Rio de Janeiro


Concorrência aumenta salários no Rio de Janeiro
A recém-criada Rádio Bradesco, que tirou o locutor José Carlos Araújo da Rádio Globo, está agitando o mercado no Rio de Janeiro. Para não perder profissionais, a tradicional Rádio Tupi acaba de aumentar o salário de todos os seus profissionais em 35%.
Por Lauro Jardim/veja

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Rádio Globo confirma contratação de Luiz Penido, Gilson Ricardo e Gerson também confirmam saída


Gilson, Garotinho e Gerson saem juntos
da Rádio Globo no dia 13 de maio
A direção da  Rádio Globo RJ confirmou a contratação do narrador Luiz Penido,  24 anos depois, Penido que é líder de audiência se transfere da Super Rádio Tupi  para a Rádio Globo.

A direção da emissora vem conversando com Penido  que pode levar outros colegas de Tupi para a Globo, pois além de perder José Carlos Araújo, a emissora que vem   lutando para reconquistar a audiência perdida em diversos horários  perde também Gilson Ricardo que recentemente completou 35 anos  na emissora e o comentarista  Gerson. 

logo pela manhã o apresentador Roberto Canázio, do 'Manhã da Globo',  se  antecipou e deu  boas-vindas a Luiz Penido, o 'Garotão' da galera e desejou boa sorte ao amigo José Carlos Araújo. 

Eraldo Leite, que coordena a equipe de Esportes do Sistema Globo de Rádio também se manisfestou:

 "Amigos, para satisfazer a curiosidade geral acerca do mexe-mexe no mercado do rádio esportivo carioca, algumas informações confirmadas: o Garotinho José Carlos Araújo recebeu e aceitou a proposta da Rádio Bradesco Band Sports, que vai fazer uma programação 100% esportiva. 

Com ele vão Gílson Ricardo e Gerson, porque já têm uma parceria no programa da TV Band, Jogo Aberto Rio. 

A Rádio Globo já deu o contra-ataque, mas não posso revelar qual, porque faltam detalhes. O fato é que o Rádio do Rio passa pela mais forte transformação dos últimos 30 anos. Boa sorte aos que iniciam um novo desafio. Ganharão os ouvintes de rádio". 

Técnico Uidemar acerta com o Vitória/PE para o Estadual e chega falando em título




uidemarsite
Foto: Reprodução/ACrítica
A diretoria do Vitória confirmou  a contratação do técnico Uidemar Oliveira, ex-jogador do Flamengo, para comandar o time masculino profissional no Pernambucano Série A2 de 2102.
O técnico esteve semana passada, visitando o clube onde atua a filha Jenyffer, atacante do time feminino do Vitória. Em reunião com presidente Paulo Roberto,  o treinador acertou as bases para dirigir a equipe da Vitória de Santo Antão.
Definida a situação do novo técnico do Vitória agora fica a expectativa para a montagem do time que deve levar o Vitória à principal divisão do Campeoanto Pernambucano. Uidemar fará indicação à diretoria de nomes para compor o elenco a partir do início da próxima semana.
O novo treinador do Vitória chega com o pensamento de montar uma equipe competitiva e tem como principal meta a conquista do título estadual.
Histórico
Atuando como jogador, Uidemar começou no Goiás, clube pelo qual foi tricampeão estadual. Em seguida foi para o Flamengo, onde atuou ao lado de Júnior, Renato Gaúcho e Zinho. Jogou no Flamengo entre os anos de 1989 e 1993. Neste periodo conquistou Copa do Brasil de 1990 e do Campeonato Brasileiro de 1992.  Em 1999, encerrou sua carreira, aos 34 anos de idade, jogando pelo Paysandu.
Como técnico foi  campeão Amazonense com o Penarol e atualmente estava no comando técnico do Nacional de Manaus.
O Campeonato Pernambucano da Série A2 tem um início previsto para a segunda quinzena de junho com 15 equipes disputando o Estadual em jogos de ida e volta, nos moldes do Pernambucano Série A1.
ULTIMOS FATOS

Adversários de Santa e Salgueiro disputam título estadual

Com o empate com o Mixto por 1 x 1, na quarta-feira, no Estádio Dutrinha, o Cuiabá se classificou para a decisão do Campeonato Matogrossense contra o Luverdense.

A disputa do título estadual vai reunir dois adversários do Santa Cruz e do Salgueiro no Campeonato Brasileiro da Série C.

No dia 24 de junho o Salgueiro receberá o Luverdense, enquanto que o tricolor visita o Cuiabá. No dia 15 de julho, o Santa visita o Luverdense e o Salgueiro visitará o Cuiabá.

O Cuiabá conseguiu a melhor campanha da primeira fase do certame mato-grossense e parte em busca do tetracampeonato.

Já o Luverdense é dirigido pelo técnico Dado Cavalcanti, que comandou o Santa nos anos de 2009 e 2010.

Paysandu é goleado e dificulta classificação na Copa do Brasil

Paysandu perde de 4 a 1 para o Coritiba (Foto: Reprodução / Diário do Pará)
(Foto: Reprodução / Diário do Pará)

O Paysandu não foi, nem de longe, a equipe vibrante, rápida e entrosada que atropelou o Sport (PE), em Recife, pela partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Dessa vez, foi facilmente batido pela equipe do Coritiba (PR), 4x1, no Couto Pereira. Agora, ficou difícil. O Papão precisa vencer por 3 a 0 na próxima semana, no Mangueirão, para passar de fase. Se sofrer gol, o bicola precisa vencer por quatro tentos de vantagem. Se o placar terminar 4 a 1 favorável ao Papão, a partida vai para os pênaltis.
No primeiro tempo, o Coxa dominou as ações do jogo, segurando a bola, tocando de lado e tentando chegar à linha de fundo para alçar a bola na área. E, sem dificuldades, o alviverde curitibano chegou aos 2 a 0. Aos 31, Anderson Aquino, com muita categoria, acertou o ângulo direito do goleiro bicolor Paulo Rafael. No minuto seguinte, o Coxa aproveitou a bobeada bicolor na saída do meio campo e o atacante Roberto recebeu a bola livre, invadiu a área e tocou por cima de Paulo Rafael. Desperado, o Paysandu saiu ao ataque e acabou cedendo o terceiro gol para o adversário já aos 42 minutos, com Everton Ribeiro em contra-ataque.

Para a etapa complementar, o técnico Lecheva tirou o meia Kariri e colocou o experiente Harrison, que deu maior tranquilidade ao meio campo bicolor, segurando a bola e armando as jogadas. O Paysandu acordou para a partida e passou a pressionar, criando oportunidades e amadurecendo o primeiro gol. E ele chegou aos 21 minutos. Depois de um contra-ataque bicolor, Thiago Potiguar pegou o rebote do goleiro Vanderlei e fuzilou para o fundo do barbante. O Coritiba ainda teve a oportunidade de ampliar a vantagem com Roberto, de pênalti, mas Paulo Rafael fez excelente defesa colocando a bola para a linha de fundo. Só que, aos 46 minutos, em um contra-ataque, o goleiro Paulo Rafael sai nas pernas de Rafael Silva e fez pênalti, sendo expulso. Com o meio campista Harrison no gol, Tcheco foi para a cobrança e sacramentou a vitória curitibana. 4x1.

A esperança existe? Lecheva não jogou a toalha!

Principalmente no primeiro tempo, o Paysandu foi uma equipe desorganizada, sendo facilmente dominada pelo Coritiba (PR). Com a atuação de vários atletas abaixo da média, o Papão perdeu as ações no meio campo, sobretudo por duas situações: o volante Vanderson, sem ritmo de jogo, por ter ficado mais de 20 dias sem atuar oficialmente, e o meia Kariri, que pela terceira vez consecutiva começou uma partida e não rendeu o esperado.

A melhora veio no segundo tempo, com a entrada de Harrison, que organizou um pouco a equipe e deu melhor saída de bola para o Papão. Mas, isso teve a contribuição da equipe curitibana, que recuou bastante e tentou explorar os contra-ataques. O gol bicolor, aos 21 minutos da etapa complementar deu uma sobrevida ao Paysandu na partida. O time de Lecheva criou inúmeras oportunidades, mas não conseguiu concluí-las de forma eficiente.

Atento à atuação melhor do rival, o técnico alviverde Marcelo Oliveira mexeu bem, colocando o meia Sergio Manoel e o atacante Rafael Silva. Silva, aliás, foi o principal atleta do Coritiba na segunda etapa sofrendo dois pênaltis, o primeiro desperdiçado por Roberto e o segundo convertido pelo meia Tcheco.
Pelo contexto da partida, o técnico bicolor Lecheva saiu de campo extremamente chateado com o gol sofrido no final da partida. No entanto, a análise também envolveu o péssimo primeiro tempo. “Não tem explicação. Mas acredito que jogando em Belém, com o apoio de nossa torcida, temos a condição devolver o placar. Eu acredito, o torcedor também tem que acreditar”, observa. Lecheva considera que a arbitragem contribuiu para a boa vantagem construída pelos donos da casa. “Ele apitou da forma dele, com regras que ele condicionou. Não marcou várias faltas em nossos jogadores, o que armou contra-ataques para eles. Mas agora é ir para Belém e fazer a nossa parte lá”, completou.

Incrível. Eles também acreditaram...

A goleada do Coritiba praticamente eliminou as chances de o Paysandu chegar à próxima fase. Mas os jogadores bicolores saíram de campo acreditando que jogando em Belém, diante do torcedor, o Papão tem condições de devolver o placar e se classificar.

“Ruim, né? Mas dá para devolver o placar lá em Belém com a força da torcida. Eu já vi muita coisa no futebol e temos chances de fazer o placar, principalmente pelo segundo tempo que a equipe demostrou, perdendo vários gols cara a cara com o goleiro”, analisou Harrison, um dos melhores do Papão na partida.
Adriano Magrão, que cabeceou uma excelente bola aos 42 minutos do segundo tempo, mas o goleiro alviverde Vanderlei realizou excelente defesa, evitando o segundo gol bicolor, também saiu de campo acreditando na possibilidade de o Papão golear o Coritiba, em Belém. “Está difícil, mas se eles fizeram aqui a gente pode fazer lá”, concluiu.

O Paysandu recebe o Coritiba na próxima quinta-feira, dia 3, no estádio Mangueirão, com a difícil tarefa de ter que marcar três gols para se classificar. Se serve de inspiração, é interessante lembrar que a equipe conseguiu fazer cinco gols contra o Sport Recife. Porém, agora, há a necessidade de reação, caso contrário, o primeiro semestre estará perdido. (Diário do Pará)

Sport vence na estreia do Brasileiro Sub-23




areia2
Rubro-negros derrotaram o Bahia nas areias.  FOTO: Arquivo/ Divulgação
O Sport começou com vitória a caminhada no Campeonato Brasileiro Sub-23 de Futebol de Areia. Na manhã desta quinta-feira, o Leão bateu o Bahia por 2 a 1, na abertura do Grupo B da competição. A partida aconteceu na nova Arena do Flamengo, na Gávea, Rio de Janeiro. O Nacional ocorrerá entre os dias 26 de abril e 1º de maio, com todos os jogos marcados para a sede do rubro-negro carioca.
O Sport volta à quadra nesta sexta, às 13h, para encarar o Botafogo. O clube da Estrela Solitária estreou com goleada sobre o Avaí, por 5 a 2.
O primeiro Campeonato Brasileiro Sub-23 conta com 12 times de dez estados. As equipes foram divididas em três grupos. Os dois primeiros de cada chave, mais os dois melhores terceiros colocados avançam as quartas de final.
CONFIRA AS CHAVES:
Grupo A: Flamengo, Asa (AL), Palmas (TO) e Confiança (SE)
Grupo B: Sport, Bahia, Avaí (SC) e Botafogo
Grupo C: Vasco, Portuguesa (SP), Aruc (DF) e Messejana (CE)
VEJA OS DIAS E HORÁRIOS DOS JOGOS DO SPORT:
Quinta, 26 de abril
Sport 2×1 Bahia
Sexta, 27 de abril
13h – Sport x Botafogo
Sábado, 28 de abril
15h30 – Sport x Avaí
Domingo, segunda e terça acontecem as quartas, semi e final, respectivamente
Ultimos Fatos

quinta-feira, 26 de abril de 2012

PREPARATIVOS PARA A SÉRIE A2 2012



O Arbitral foi mediado pelo diretor de competições da FPF, Murilo Falcão, que esclareceu questões sobre vistorias, gramados, alambrados, vestiários, estádios e toda a estrutura necessária para a realização do campeonato de acesso à Série A1. A segunda vistoria a ser feita nos estádios está marcada para a próxima semana e os clubes devem apresentar as condições exigidas para poder competir até o mês de maio.
A diretoria de competições apresentou sugestões de novos formatos para a disputa da competição, e os votantes de cada clube, em sua maioria, optaram pelo sistema da Série A1 (com jogos em ida e volta e, posteriomente, semifinais e final). O campeonato passará a ter jogos nas quartas-feiras, além dos jogos do domingo.
O início do torneio está previsto para a segunda quinzena de junho, com término previsto para o mês de setembro. Neste ano, o torneio terá 32 datas para sabermos quem irá conquistar o título e o acesso à Série A1. Os clubes que tiverem êxito, subindo de divisão, devem ter estádios com capacidade para 5 mil pessoas – as equipes que não possuam estádio com tal estrutura terão que apresentar o projeto concluído até dezembro.
Modernização do torneio - Nesta próxima edição, os times participantes terão custos mais altos, porém, isto servirá para o crescimento da competição. Além da nova fórmula de disputa – a mesma da Série A1, serão realizados exames anti-doping em todas as partidas das semifinais e na final do torneio e a divisão de acesso também terá observadores de arbitragem em todas as rodadas da competição.

FPF

Tudo empatado nas semifinais do 2º turno alagoano

Empate em Atalaia entre Sport e CSA
Nos dois primeiros jogos das semifinais do 2º turno do campeonato alagoano terminou tudo empatado.
Em Atalaia, Sport e CSA ficaram o 0 x 0.
No próximo sábado, as equipes voltarão a se enfrentar no Estádio Rei Pelé. Em caso de novo empate haverá prorrogação, persistindo, a vaga será definida na cobrança de pênaltis.
Em Palmeira dos Índios, CSE e ASA empataram em 2 x 2 Peixinho fez os gols dos donos da casa, enquanto que Gaúcho e Gabriel balançaram as redes para os visitantes.
O jogo da volta acontecerá no sábado em Arapiraca. Quem vencer estará na final do turno.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Bahia enfrenta Lusa no Canindé


A partir das oitavas de finais, ao contrário do que acontece nas duas primeiras fases, um triunfo por dois ou mais gols sobre o time mandante no jogo de ida não antecipa a classificação às fases subsequentes da Copa do Brasil.
Ciente de que não poderá mais contar com esta benesse, o Bahia entra em campo contra a Portuguesa na noite desta quarta-feira, 24, no Canindé, de olho em outro ponto do regulamento da competição: o tricolor sabe que eventuais gols marcados fora de casa poderão significar o dobro de gols no jogo de volta e, por conseguinte, deixar bem encaminhada a sua classificação às quartas de finais.
Para conseguir superar o sistema defensivo da Lusa, no entanto, o Esquadrão terá que se superar: ainda desfalcada do artilheiro Souza, que, por prevenção, sequer viajou a São Paulo, a equipe tricolor também não terá o meia Morais, vetado com dores na panturrilha.
Um ano após ter se consagrado campeã da Série B do Brasileirão, a Portuguesa está em crise: acabou de ser rebaixada no Campeonato Paulista. Para reconquistar a confiança do seu torcedor, a Lusa terá como principal arma nesta quarta um jogador revelado pelo próprio Bahia: o meia Ananias, que teve 50% do seu passe vendido pelo time baiano e poderá ser escalado pelo time paulista.
Bahia e Portuguesa decidirão a classificação na quinta-feira, 10 de maio, e o vencedor encontrará nas quartas de finais o time que levar a melhor no duelo entre Fortaleza e Grêmio. O jogo de ida entre os clubes cearense e gaúcho acontecerá somente na próxima quarta-feira, 2, no Estádio Presidente Vargas.
Esquadrão - Além de não poder contar com Morais e Souza, o técnico do Bahia, Paulo Roberto Falcão, ainda não tem à sua disposição o lateral-esquerdo Ávine e o meia Jéferson, ambos ainda em recuperação de lesões.
O comandante tricolor, no entanto, ganhou o reforço do volante Fahel, que havia sido poupado na partida do último domingo, 22, quando o tricolor perdeu por 1 a 0 para o Vitória da Conquista, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano.
A julgar pela atitude do treinador, que treinou a portões fechados na manhã da última terça-feira, 24, o time tricolor deverá ter mais mudanças do que a esperada entrada de Fahel em lugar de Fabinho sugere imaginar.
É que, na parte final do treino, Falcão liberou a entrada da imprensa e não escondeu que, vestidos com coletes do time considerado titular, o zagueiro Danny Morais treinava em lugar de Rafael Donato e Vander atuava na vaga ocupada ultimamente pelo meia Magno.
Lusa - Com a compra de parte dos direitos econômicos do meia Ananias, a Portuguesa está isenta de pagar a multa que antes vigorava no contrato de empréstimo junto ao Bahia e não mais responderá judicialmente por escalar o jogador contra o seu ex-clube.
Esta parece ser a única boa notícia para uma equipe que, antes considerada uma das favoritas a se classificar para a fase eliminatória do Campeonato Paulista, acabou por desapontar o seu torcedor e amargar uma queda para a Série A2 local.
Para completar o mau momento, o técnico Jorginho, que estava no comando da equipe desde o início de 2011, alegou que já não tinha mais clima para permanecer e pediu demissão do cargo na semana passada.
A diretoria da Lusa agiu prontamente e, como substituto, anunciou o nome de Geninho, que fará o seu jogo de estreia contra o Bahia.
Portuguesa X Bahia - jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil.
Local: Estádio Canindé, em São Paulo (SP).
Data: Quarta-feira, 25 de abril.
Horário: 19h30.
Árbitro: Paulo H Godoy Bezerra (SC).
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Nadine Schram Camara Bastos (SC).
Portuguesa: Weverton; Luís Ricardo, Rogério, Renato e Ivan; Léo Silva, Guilherme, Boquita e Henrique; Ananias e Ricardo Jesus. Técnico: Geninho.
Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato (Danny Morais), Titi e Gerley; Fahel, Diones (Lenine), Gabriel e Magno (Vander); Lulinha e Júnior. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

A Tarde

CSE e ASA se enfrentam pelas semifinais o 2º turno alagoano


Na noite de hoje, CSE e ASA farão mais um clássico do Campeonato Alagoano. Trata-se do “clássico do interior”, nome dado aos confrontos envolvendo as duas equipes. Os dois clubes lutam por uma vaga na final do Estadual, onde o campeão do segundo turno vai enfrentar o CRB, dono do primeiro turno da competição.

O primeiro jogo da semifinal será realizado hoje à noite, no estádio Juca Sampaio, na cidade de Palmeira dos Índios, às 20h30. A segunda partida, onde será definido o classificado para a final, será realizada no próximo sábado (25), em Arapiraca.

O clube arapiraquense é o único dos quatro classificados que conquistou vaga para os dois quadrangulares. O time chegou perto de ser campeão do primeiro turno, mas esbarrou nas cobranças de pênaltis na final e viu o CRB garantir seu lugar na final.

No último jogo, onde enfrentou o CEO, o clube comandado pelo técnico Heriberto da Cunha já entrou em campo classificado. Com 19 pontos conquistados, o time buscava uma vitória para garantir a liderança da competição e decidir a possível final em casa. Mas, jogando com até 7 desfalques, o time foi surpreendido pelo CEO e derrotado por 3 a 1.

Já o CSE, que foi derrotado pelo Coruripe por 2 a 1, vem de duas derrotas consecutivas. Antes da derrota para o clube do litoral sul alagoano, o time de Palmeira dos Índios foi goleado dentro de casa por 5 a 0, pelo CSA. Agora, classificado com 12 pontos, o tricolor promete “atropelar” nos jogos decisivos. O time volta a disputar uma fase final do Alagoano após 18 anos.
Empolgado com a boa fase na competição, o ASA vem motivado querendo conquistar o que deixou escapar no primeiro turno: o título. No segundo turno do Campeonato Alagoano, o time arapiraquense é dono do segundo melhor ataque, com 20 gols marcados, e a segunda defesa menos vazada, com 11 gols sofridos, perdendo apenas para o líder CSA.
O técnico Heriberto da Cunha, do ASA, contará com os retornos do goleiro Tutti, meia Valdívia, lateral Augusto e do atacante artilheiro Lúcio Maranhão. Quem não entra em campo é o zagueiro Édson Veneno, que continua em tratamento no Departamento Médico da equipe arapiraquense.
Em 2012, ASA e CSE se enfrentaram apenas duas vezes – uma em cada turno. A primeira, que foi realizada no estádio Coaracy da Mata Fonseca, terminou com a vitória do clube alvinegro por 1 a 0. A segunda, no returno, o ASA conquistou um empate de 2 a 2 suado, quando marcou o segundo gol já nos minutos finais de jogo.
Fonte: Minuto Arapiraca

Sport Atalaia motivado para encarar CSA


Se depender de motivação, o Sport Atalaia vai surpreender nesta reta decisiva do 2º turno do Alagoano 2012. É que pela classificação ao quadrangular a direção do clube liberou um salário extra para cada jogador. Entretanto, dentro de campo, nesta quarta-feira, quando às 15h15 recebe a visita do CSA, o time não vai estar completo porque o zagueiro Erivaldo sofreu um acidente e o volante Anderson Cabeção tomou o terceiro cartão amarelo contra o Murici.
Apesar dos desfalques, o treinador Coca disse que o Sport vai partir para cima. “O CSA que se prepare porque nós vamos jogar para ganhar”. Coca reconhece que pela subida de produção o CSA é um adversário muito difícil, mas que tem condições de vencê-lo e ir para o Trapichão em vantagem.
- Na verdade, pela estrutura no nosso clube, passar para o quadrangular já é uma conquista. Porém, o adversário vai ter que suar dobrado para nos vencer.
Coca acrescentou que esta classificação serve também como uma vitória pessoal e só lamenta ainda não ter tido chance em um clube grande do Estado. Mas garantiu que sabe esperar.
- Acredito que estes jogos que vêm pela frente vão servir para ratificar o meu trabalho como treinador – finalizou Coca, que na década de 1980 foi ídolo do CRB e do CSA, mas dentro das quatro linhas. Ele era volante.

Gazeta

terça-feira, 24 de abril de 2012

Santa x Salgueiro será segunda-feira


Segunda-feira, às 20h30. Enfim, depois de muito debate, ficou definida a data do segundo confronto entre Santa Cruz e Salgueiro. Uma reunião entre representantes da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) e dirigentes de ambos os clubes fechou o acordo. Houve consenso entre as partes e, de bônus, a partida vai ser transmitida para 15 países, através do canal PFC.

A soliticação de mudança partiu da Polícia Militar, por questão de segurança. O horário do jogo (inicialmente marcado para as 16h do domingo) iria se chocar com o segundo clássico entre Sport e Náutico. Para o Santa Cruz, a antecipação para o sábado não seria possível, porque o gramado do Arruda vai ficar pronto somente na noite de sexta-feira, em virtude dos dois shows de Paul McCartney.

Ao Salgueiro, a alteração para a terça-feira (Dia do Trabalhador) iria atrapalhar a preparação do time, em caso de classificação à final do PE2012. Portanto, não se esqueça: Santa Cruz x Salgueiro, 20h30, segunda-feira, Arruda. 

Rodolfo Bourbon - Diario de Pernambuco