sábado, 25 de agosto de 2012

Os gols de Ceará 1 x 3 Vitória-BA



http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5

Os gols de Fortaleza 4 x 1 Guarany de Sobral




http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5

O gol da vitória do América-RN em cima do ABC





http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5

O gol da vitória do ASA em cima do CRB




http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5

Os gols de Santa Cruz 6 x 1 Águia de Marabá




http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Presidente da FPF pede votos para o Pai Gay

ALEPE homenageará ACDP na próxima terça-feira


HOMENAGEM – Na próxima terça-feira, por sugestão do deputado Aluísio Lessa, a ALEPE dedicará uma sessão a Associação dos Cronistas Desportivos de Pernambuco. Foram selecionados 10 profissionais para serem homenageados. Agradeço a generosidade pela inclusão do meu nome no grupo. 

A SELEÇÃO - Luís Ca­valcanti, Ralf de Carvalho, Claudemir Gomes, Lenivaldo Aragão, Paulo Morais, Stênio José, Hélio Macedo, Ivan Feitosa, Amaral Dutra e José Bezerra.

ALMOÇO – O deputado, Aluísio Lessa, almoçou ontem com o presidente da ACDP, Iranildo Silva. Na oportunidade definiram os detalhes da homenagem que deve ser a última alusiva aos 90 anos da Associação dos Cronistas.


Claudemir Gomes


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

domingo, 19 de agosto de 2012

Gols: Guarany de Sobral 3 x 4 Cuiabá. - Campeonato Brasileiro Série C 2012





http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5

Os gols de Icasa 0 x 2 Fortaleza




http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5

Baraúnas empata e classifica-se em primeiro lugar para a próxima fase da Série D


O Baraúnas ficou num empate sem gols diante do Horizonte (CE) nesta tarde/noite no estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró. Com este resultado, o Leão chegou aos 15 pontos no grupo A3 da Série D e garantiu classificação em primeiro lugar para a segunda fase da competição. No outro jogo, o Ypiranga (PE) goleou o também pernambucano Petrolina por 3 a 0.

No próximo domingo tem a última rodada do grupo, quando se define o segundo classificado. O Baraúnas já garantiu sua vaga e ainda na primeira colocação, já que o Campinense só pode chegar aos 14 pontos.



Grupo A3
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1 Baraúnas-RN 15 8 4 3 1 12 7 5 62.5
2 Campinense-PB 11 7 3 2 2 8 7 1 52.4
3 Horizonte-CE 10 7 2 4 1 7 4 3 47.6
4 Ypiranga-PE 8 7 2 2 3 12 13 -1 38.1
5 Petrolina-PE 3 7 0 3 4 8 16 -8 14.3


Por Dionisio Outeda em 19/08/2012


Salgueiro fica no empate com Paysandu



A cada jogo nesta temporada, o Salgueiro dá mostras de que vencê-lo no Cornélio de Barros é algo bastante improvável de acontecer. Neste domingo, na briga pela classificação no G4 do Campeonato Brasileiro da Série C, o Carcará recebeu o Paysandu-PA. Até que o Papão tentou quebrar o tabu. Abriu a contagem e endureceu a partida. O Carcará perdeu algumas chances, mas conseguiu o empate em 1 a 1. Com o resultado, chegou à sua 17ª partida no ano sem saber o que é perder dentro dos seus domínios.  

Os sertanejos  iniciaram o primeiro ato do duelo a todo vapor. Pareciam estar dispostos a liquidar a fatura já no começo do confronto. Chegaram, inclusive, a marcar um gol relâmpago, que acabou sendo anulado pela arbitragem. Aos seis minutos de bola rolando, o atacante Marciano quase abriu o placar para os mandantes. O Salgueiro seguia pressionando os paraenses. Pecava somente no último toque. O Papão, por outro lado, tentava se aproveitar dos contra-ataques e de algumas falhas do sistema defensivo salgueirense. Mas todas as poucas investidas foram desperdiçadas.  No meio do primeiro tempo, os pernambucanos perderam um pouco de força ofensiva devido a saída do arisco lateral-direito Marcos Tamandaré, que teve de deixar o campo sentindo dores musculares. 

No começo segundo tempo, o Salgueiro seguiu apresentando os mesmos erros de finalização. O volante Pio perdeu um gol cara a cara com o goleiro, logo aos 10 minutos. O preço foi caro. Aos 15, o Paysandu fez 1 a 0, com Vanderson. O Carcará, no entanto, não se acuou. Seguiu na pressão. A resposta terminou sendo imediata. Um minuto depois de sofrer o gol, o experiente atacante Júnior Ferrim, que havia acabado de entrar no lugar do pouco produtivo Edmar, acertou a barra e deixou tudo igual no placar: 1 a 1.

Yuri de Lira - Diario de Pernambuco

Ipojuca permite empate ao apagar das luzes. Timbaúba comemora


Na tarde deste domingo a equipe do Ipojuca Atlético Clube, não conseguiu vencer a equipe de Timbaúba no jogo da volta, apesar de ter ganho no meio de semana em Timbaúba por 2x1. O resultado em casa por 1x1 deixou o torcedor irritado.

Próximo compromisso será no próximo domingo em Limoeiro contra o Centro, já que na 17ª rodada o time folga.

Ipojuca hoje tem 21 pontos, ocupa a 7ª colocação.

Repetindo os mesmos eros dos jogos anteriores em N.Sra do Ó, o time Ipojucano não conseguia acertar um lance de finalização, a não ser um único lance, aos 13 minutos em uma falta na entrada da área, Voginho lança na área, a zaga se atrapalha e sobra para Erick Danilo tocar de cabeça e fazer 1x0.

Dai em diante o time Ipojucano bem que tentou com Ragner,Jailton,Erick Danilo,Duda,Voginho mas o goleiro Diego foi bem no primeiro tempo em que terminou em 1x0.

Para o segundo tempo, a equipe de Timbaúba foi em busca do empate, a bola rolando e o time visitante pressionando os Ipojucanos que passaram a jogar recuados.

Sentido que o time local queria segurar o 1x0, o técnico Cleibson Ferreira, observou que Igor não estava bem na partida, e aos 2 minutos troca por Jota para fortalecer o setor da lateral esquerda.

O técnico Bagé, também  promoveu mudanças na equipe, sacou Dudu e colocou Índio. O jogo seguia com as investidas de Ragner para o Ipojuca e Carlos André para Timbaúba, mas sem sucesso de um lado e de outro.

Aos 26 min, Bagé faz mais uma modificação tira Daniel Silva e coloca Fábio que é um homem de área, mesmo assim Ipojuca se segura.

Aos 28 min, o técnico Ferreira tira Erick Danilo e coloca Gabriel. Era para os Ipojucanos ganhar mais velocidade na frente, mas passou a tomar contra ataques perigosos com Carlos André e Junior Negrão.

Aos 26 min, Bagé tira Cristiano e coloca Felipe Maranhão, Timbaúba fica ainda mais perigoso nos contra ataques.

Ferreira percebe que a substituição de Timbaúba surtiu efeito, e faz mais uma modificação, aos 39 minutos tira Ragner e entra Quaresma.

Ai,os Ipojucanos recuaram de vez,deixando apenas Gabriel na frente, o time não conseguia produzir jogadas que assustassem a meta do goleiro Diogo.

A placa indicava 4 minutos de acréscimo, Ipojuca ganhando por 1x0, e tome pressão do Timbaúba. 

Aos 48, numa falha de marcação do jogador Quaresma,e a falta na entrada da area, na cobrança a bola passa por toda extensão da área e Felipe Maranhão pega de pe direito, a bola vai no canto direito de Marlon. 1x1.

Aos 49 min,o árbitro Diego Fernando finaliza a partida. 

Ipojuca 1x1 Timbaúba

 

                                               Ipojuca folgará na 17ª Rodada

Assessoria de Imprensa do Ipojuca Atlético Clube

Vitória vence Carpina em largada do returno da A2



O Vitória começou o returno do Pernambucano Série A2 com o pé direito ao vencer na tarde deste domingo (19), o Carpina por 1×0, no estádio Carneirão.
Depois de uma série de chances desperdiçadas pelo ataque do Vitória, o único gol da partida saiu aos 32 minutos do segundo com o zagueiro Sandro Miguel aproveitando lançamento na intermediária do meia Índio pelo setor direito de ataque.
Mesmo vencendo o Tricolor das Tabocas continua na nona colocação na tabela, posição que ocupa a três rodadas.
Na próxima quarta-feira o Vitória volta a jogar pelo Pernambucano e recebe no Carneirão a equipe do Atlético Pernambucano às 20h.

Ficha do jogo:
Campeonato Pernambucano Série A2
Vitória 1×0 Carpina
16ª rodada
Estádio: Carneirão (Vitória de Santo Antão)
Data: 19/08/2012
Vitória:
Preto; Hallyson, Bruno Recife, Sidnei, Sandro Miguel; Hallyson Pena (Fabinho Vitória), Sinho (Keine), Índio, Robertinho; Jhon, Franclin (Hallace).
Técnico: Maurílio Silva
Carpina:
Silvio; Gilvan (Biro-Biro), Anselmo, Douglas, Bruno; Elias, Jozicley, Judson, Rivaldo (Felipe); Daivison, Macaiba.
Técnico: Gilberto Gaúcho.
Cartões amarelos:  Preto, Sinho, Robertinho, Sandro, Índio, Sidnei (Vitória)
Cartão vermelho: Macaiba (Carpina).

E acompanhe o Tricolor das Tabocas.
Assessor de Imprensa: Luciano Abreu
Celular: (81) 8128.5136 (VIVO)
E-mail: 
lucianofalki@hotmail.com

Conheça o novo portal da rádio TABOCAS FM
NOTÍCIAS DO VITÓRIA: RÁDIO TABOCAS FM 98,5 - VIA INTERNET -WWW.TABOCASFM.COM.BR
PROGRAMA ESPORTE TOTAL - 
SEGUNDA À SEXTA-FEIRA: das 12h às 13h
PROGRAMA GOL DE PLACA - SEGUNDA À SEXTA-FEIRA: das 18h às 19h

Portal ÚLTIMOS FATOS - (A QUALQUER HORA EM QUALQUER LUGAR)
WWW.ULTIMOSFATOS.COM 

Santa amarga derrota em Lucas do Rio Verde



Sofrendo com o calor do estádio Passo das Emas, os tricolores até tentaram voltar da cidade de Lucas do Rio Verde com um bom resultado. Mas, numa partida onde seu sistema defensivo cedeu boas chances aos atacantes adversários, o Santa Cruz foi derrotado por 2 a 1 pela Luverdense. Com o resultado, a equipe pernambucana caiu para a 7ª colocação. No próximo sábado, o compromisso coral é com o Águia-PA, no Arruda, que no sábado aplicou uma estrondosa goleada por 5 a 1 sobre o Treze-PB.

A insatisfação coral com o início do horário do jogo gerou uma discussão entre os representantes das duas equipes. Tentando encarar um clima mais ameno, o Santa Cruz atrasou a subida ao gramado em aproximadamente dez minutos. Uma vez em campo, os tricolores voltaram para os vestiários para trocar os uniformes dos atletas. Insatisfeita com a postura dos pernambucanos, alguns integrantes da comissão técnica do Luverdense questionaram a atitude, iniciando um bate boca mais acalorado.


Quando a bola finalmente começou a rolar, os tricolores passaram a pôr em prática a estratégia traçada por Zé Teodoro. Enquanto o Luverdense tentava acelerar o jogo com muita troca de passes, o Santa Cruz esfriava a partida, valorizando as cobranças de laterais e tiros de meta e trabalhando a bola em passes laterais. Tudo para minimizar o desgaste provocado pelo intenso calor da cidade de Lucas do Rio Verde. A estratégia dava certo e aos poucos o Santa Cruz começou a controlar as ações entre as intermediárias. Mas bastou um cochilo para que a equipe mato-grossense mudasse o cenário da partida. Depois de um bom lançamento, o atacante Tatu invadiu a área coral e quando tentou driblar Fred, foi derrubado pelo goleiro tricolor. Numa cobrança de pênalti firme, o meia Rubinho deixou a equipe da casa em vantagem no placar aos 20 minutos.

Com o jogo mais aberto, as oportunidades de gols multiplicaram-se. Dos dois lados. E ficaram ainda mais claras no final do primeiro tempo. Aos 35, Rubinho fez uma boa jogada individual e cruzou na medida para Tatu, que errou a finalização. A resposta foi imediata. Com liberdade, Leandro Oliveira teve tempo para criar e encontrou Weslley livre de marcação. Relembrando seus melhores dias com a camisa coral, ele bateu firme e empatou o confronto. O esforço coral por pouco não foi em vão. Displicente, a zaga tricolor cedeu duas chances claras aos adversárias. As duas, porém, foram desperdiçadas por Tatu.

Mesmo sem qualquer alteração nos times, o Santa voltou melhor na etapa final. Com o posicionamento acertado, os tricolores passaram a incomodar o goleiro Willian Alves. Antes dos 10 minutos, Dênis Marques já havia finalizado com perigo em duas oportunidades. Mas aos poucos, a Luverdense conseguiu equilibrar os confrontos e voltou a ter uma chance clara desperdiçada por Tatu. Diante do crescimento do adversário, os jogadores do Santa Cruz passaram a valorizar o empate. O castigo pela inibição saiu novamente dos pés de Rubinho, aos 40 minutos. Numa bela cobrança de falta, o meia marcou o seu segundo gol, garantindo a vitória da Luverdense.


Luverdense
Willian Alves; Régis, Dão, Anderson (Zé Roberto) e Raul Prata; Júlio Terceiro, Gilson, Rubinho e Carlos Alberto; Tatu (Fio) e Valdir Papel. Técnico: Dado Cavalcanti.

Santa Cruz
Fred; Maisena, William Alves, Edson Borges e Tiago Costa; Chicão (Renatinho), Memo, Weslley e Leandro Oliveira (Leozinho); Caça-Rato (Paulista) e Dênis Marques. Técnico: Zé Teodoro.

Local: Estádio Passo das Emas (Lucas do Rio Verde-MT).
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Asp Fifa-GO).
Assistentes: Marco Mello Moreira (GO) e Luciano Benevides de Sousa (DF).
Gols: Rubinho (duas vezes) (L) e Weslley (S)
Cartões amarelos: Anderson, Rubinho, Carlos Alberto, Júlio Terceiro (L), Fred, Edson Borges e William Alves (S).
Público: 2.133.
Renda: R$ 32.670,00.

Celso Ishigami - Diario de Pernambuco
Foto: Jamil Gomes

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia




http://www.youtube.com/user/CAMFWAYNE5