sábado, 15 de setembro de 2012

A luta do Leão para fugir da degola

Entrar na zona de rebaixamento, de qualquer que seja a competição, é fácil. Sair, pode tornar-se um problema gigantesco.

Que o diga, o Sport. Desde a 17ª rodada, quando perdeu para o Botafogo por2 x 0, no Engenhão.

São 8 rodadas, habitando um local que ninguém quer. 23 pontos em 24 jogos.

O Figueirense (22 pts) está desde a 10ª rodada. Enfrenta o Bahia em Pituaçu.

O Palmeiras (20 pts) desde a 19ª. Tem um clássico pela frente contra o Corinthians.

O rubro negro está a 4 pontos de sair do Z-4. O Flamengo é o 16º colocado com 27 pontos e recebe o Grêmio neste domingo.

De forma surpreendente, o Atlético-GO, lanterna da competição, derrotou o Fluminense fora de casa por 2 x 1, chegando aos 20 pontos.

Ambos se defrontarão na 32ª rodada, em Goiânia.

Jogos do Sport:

Internacional - fora
Coritiba - casa
Corinthians - fora
Portuguesa - fora
Grêmio - casa
Atlético-MG - fora
Ponte Preta - casa
Atlético-GO - fora
São Paulo - casa
Vasco - fora
Figueirense - fora
Botafogo-RJ - casa
Fluminense - casa
Náutico - fora



Icasa perde mais uma e pode terminar na zona de rebaixamento


O Icasa, precisando se recuperar na Série C do Campeonato Brasileiro, foi até Marabá-PA e seu deu mal. O Verdão do Cariri pedeu por 1 a 0 para o Águia em partida realizado na terde deste sábado (15) no Estádio Zinho de Oliveira.

O gol da vitória do time paraense foi marcado por Branco aos 21 minutos do primeiro tempo. O Icasa inda tentou reagir mas em todas esbarrou na atuação do goleiro Marcelo Cruz.

Agora, o time de Juazeiro do Norte permanece com 12 pontos ganhos, na 8ª colocação, mas podendo entrar na zona de rebaixamento no domingo, caso o Cuiabá vença o Luverdense em partida que será realizada em Lucas do Rio Verde-MT.


Jangadeiro

CRB cede empate inacreditável ao ABC



O CRB continua sofrendo no Brasileiro da Segunda Divisão. O Galo chegou a estar vencendo o ABC neste sábado (15) por 3 x 0 até os 33 minutos da etapa final, mas caiu muito de produção na reta final da partida e deixou o campo com um empate por 3 x 3. Os gols da equipe alagoana foram marcados por Ricardinho, de pênalti, Paulo Victor e Ednei, com Éderson (duas vezes) e Walter Minhoca assinalando para os visitantes.

 CRB descansa um pouco, comemora o seu centenário na quinta-feira (20) e só volta a jogar pela Segundona no próximo sábado (22), contra o São Caetano, às 16h, no interior de São Paulo. Sexta-feira (21), o ABC recebe o Guarani, às 21h, em Natal. O time potiguar chegou aos 29 pontos e o Galo soma 28 na tabela.



CRB 3 x 3 ABC

Quando: neste sábado (15)

Onde: Estádio Rei Pelé , em Maceió
Árbitro: Paulo Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Albino Andrade Albert Junior (PE) e Eduardo de Souza (RJ)

Cartões amarelos: Diego Aragão e Aloísio Chulapa (CRB); Serginho  e Adriano Pardal (ABC)

Cartão vermelho: Marcinho (CRB)

Gols: Ricardinho, Paulo Victor e Ednei (CRB); Éderson - duas vezes - e Minhoca (ABC)

CRB - Cristiano; Diego Aragão, Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Marcinho, Vítor, Luciano (Rafinha) e Diego Palhinha (Paulo Victor); Ricardinho e Aloísio Chulapa (Carlinhos Bala). Técnico: Pintado.

ABC -Andrey; Ivan (Diego Clementino), Vinícius, Flávio Boaventura e Airton (Renatinho Potiguar); Hemik, Serginho, Walter Minhoca e Cascata (Raul); Adriano Pardal e Éderson. Técnico:Ademir Fonseca.

Maceió Agora

“NADA NA MINHA VIDA VEIO FÁCIL” (ZÉ TEODORO)



Ex-atleta profissional de futebol, o técnico Zé Teodoro tem – no segundo ano de contrato com o Santa Cruz – sua 4ª missão: levar o clube ao segundo acesso consecutivo em Campeonatos Brasileiros, agora, rumo à Série B.

Diante das dificuldades enfrentadas, ao longo desse período, o treinador soube driblar cada obstáculo – juntamente com sua Comissão Técnica – e, no final de cada competição, sorriu e viu A Torcida Mais Apaixonada do Brasil voltar a ficar feliz, em meio há tantas decepções, entre 2006 e 2010.

Em princípio, topou o desafio de tirar o clube da famigerada Série D em 2011, após duas tentativas frustadas em 2009 e 2010. E, depois de surpreender a todos, levantando o título Estadual de 2011, chegou à Final do Brasileiro da 4ª Divisão perdendo as duas partidas para o Tupi/MG (1×0 e 2×0). Mas, com o acesso, conquistado duas fases antes, devolveu a esperança de recondução Coral à Elite do futebol brasileiro.

Chegou o 1º semestre de 2012 e, mais uma vez, a Era Teodoriana no Arruda seguiu dando bons frutos com a conquista do Bicampeonato, algo que não acontecia há 25 anos (1987). De quebra, um feito histórico: o título veio para o Arruda no dia do aniversário do seu maior rival, o Sport Recife (13 de maio) com uma vitória de 3×2, depois de um 0×0 no José do Rego Maciel.

Sem muito tempo, entre o Estadual e o Brasileiro, Zé Teodoro começou a trabalhar sua 4ª missão no Arruda: disputar a Série C e – em princípio – conquistar o acesso à Série B 2013. Já se vão 11 Rodadas da 1ª Fase e o Santa Cruz é atualmente o 3º colocado do Grupo A com 15 pontos.

São 3 vitórias, 6 empates e 2 derrotas. Números que o próprio técnico, atletas e torcida sabem que estão aquém do verdadeiro potencial do atual elenco. Fato inerente a todos os clubes que disputam a competição, as lesões são mais um ‘adversário’ a se enfrentar. E nesse contexto, a perda do lateral-direito Maizena (ligamento cruzado do joelho direito) se soma às ausências de Leandro Souza (ombro), Anderson Pedra (joelho), Natan (muscular) e Tiago Cardoso (joelho e músculo) – para citar as mais longas ausências.

Não se pode esquecer as ausências dos meias Weslley (tornozelo) e Leozinho que – de voltar na partida contra o Salgueiro – ficou no Recife por conta de dores no músculo anterior da coxa esquerda e desfalca o Santa Cruz contra o Treze/PB em Campina Grande/PB.

Quando analisa sua obra no Arruda, nesses dois anos de contrato, o técnico Zé Teodoro corrobora que as dificuldades na sua vida pessoal e profissional (como atleta e técnico) são uma prova de que nada, para ele, na vida veio de maneira fácil. “Nada para mim na vida veio fácil. As dificuldades sempre aparecem, os momentos da Série D, dos dois Campeonatos Pernambucanos, a gente sempre passa por isso, assim como o clube também. Mas a gente não passa todas as dificuldades para Imprensa e torcida e procura blindar todo o grupo”, confessa o treinador.

E, como tem em mente o objetivo- o quarto – de levar o Santa Cruz à Série B, Zé Teodoro ratifica sua posição de guerreiro em um momento que parte da torcida fica impaciente com a falta de vitórias consecutivas que garantam, o mais rápido possível, a classificação para decidir o acesso. “Estamos trabalhando, no momento a gente não pode abandonar a situação, pois estamos juntos: eu, o Sandro, o presidente e os jogadores e vamos buscar essa classificação para subir. Quando isso acontecer, o Santa Cruz voltará a ter uma situação bem melhor do que nessas duas Séries que passou sofrendo durante esses dois anos”, falou com confiança.

Jamil Gomes/Julia Miranda

ASA luta muito, mas acaba derrotado pelo Criciúma



O alvinegro esteve muito perto de conquistar pontos importantes fora de casa. Na noite desta sexta-feira (14) foi até Criciúma, dominou a segunda etapa, mas acabou derrotado pelo Criciúma, vice-líder da Série B, por 2 a 1 em um jogo disputado até os últimos minutos.

O JOGO

Na primeira etapa, o Criciúma apesar de pouco inspirado, conseguiu dominar as ações de jogo e até criou algumas oportunidades, mas não conseguiu concluir em gol. O ASA por sua vez, jogando num esquema diferente do habitual, já que jogou no tradicional 4-4-2, esperou a equipe de Santa Catarina, avaliando o melhor momento para atacar o rival.

Mas, a primeira etapa não teve grandes emoções e acabou com um empate sem gols entre as duas equipes.

Veio o segundo tempo e o ASA estava disposto a mudar a história do jogo e surpreender o rival dentro do seu estádio. Mas, o Criciúma voltou bem e saiu na frente com Eric, que deixou o ASA há quase um mês, aos 2 minutos de jogo.

Aos 30 minutos, o atacante Lucca ampliou o marcador para o time da casa. Apesar da vantagem de dois gols, o ASA crescia, aparecia e dominava o jogo, mas já encontrava um Criciúma que se fechava em seu campo, tornando as coisas mais difíceis para o ASA.

Mesmo assim, a equipe alvinegra conseguiu traduzir a sua superioridade em gol e na reta final do jogo, aos 40 minutos, o zagueiro André Nunes descontou, após passe do artilheiro Lúcio Maranhão.

A partida seguiu até os 51 minutos, o ASA criou, pressionou, arriscou, mas não conseguiu furar o bloqueio do vice-líder da Série B.

Final de jogo, vitória do Criciúma por 2 a 1 sobre o ASA. Com a vitória, o rival catarinense chegou aos 49 pontos e segue na segunda posição da tabela. O ASA segue com 30 e permanece na 13ª posição dependendo dos resultados até o fechamento desta rodada.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 24ª Rodada

Estádio Heriberto Hulse – Criciúma, Santa Catarina

Criciúma 2 x 1 ASA

Árbitro: Marcos André Gomes da Penha-ES
Auxiliares: Luiz Souza Santos Renesto-PR e Luciano Roggenbaum-PR
Criciúma: Michel Alves, Eric(Itaqui), Matheus Ferraz, Ozéia e Marlon; Diego Oliveira, Válber(André Gava), Fransérgio(Diego Felipe) e Kléber; Douglas e Lucas.
Técnico: Paulo Comelli
ASA: Gilson, Osmar, Fabiano(André Nunes, Edson Veneno(Valdívia) e Chiquinho Baiano; Cal, Jorginho, Audálio e Didira(Davi Ceará); Rogério Maranhão e Lúcio Maranhão.
Técnico: Nedo Xavier

ASA

América perde para o São Caetano no Nazarenão



O São Caetano comprovou a fama de melhor time visitante da Série B e derrotou o América por 2 a 0 na noite desta sexta-feira no Nazarenão. Os gols do Azulão foram marcados pelo atacante Danielzinho.

Com a derrota o América estacionou com os 36 pontos na 10ª posição, enquanto o São Caetano entrou no G-4 com 46 pontos.

Na próxima rodada o alvirrubro vai encarar o ASA-AL no sábado às 21h no estádio Coaracy Fonseca.

O JOGO

A primeira chance do jogo foi do São Caetano com Éder aos 10 minutos em cobrança de falta que acertou a trave do alvirrubro. O América respondeu com Isac ao receber na área, mas chutou em cima do goleiro.

A partida seguiu equilibrada até que aos 39 minutos após falha da defesa potiguar, Danielzinho cabeceou livre para as redes. O alvirrubro ensaiou uma pressão, mas sem levar perigo.

No segundo tempo, o América tomou a iniciativa do jogo e quase empatou aos 12 minutos com Norberto que na área chutou colocado, mas Luis defendeu. Aos 19, novamente perigo alvirrubro com Isac que aproveitou falha da defesa, invadiu a área e chutou raspando a trave do Azulão.

O São Caetano foi mais eficiente e com Danielzinho aos 23 minutos marcou o segundo, após driblar a zaga e chutar para estufar as redes. O América partiu para o tudo ou nada com Soares e Max entrando para dar mais ofensividade, mas as mexidas não surtiram efeito com a boa retranca paulista e a falta de organização de jogadas.

Ficha Técnica

América: Tiago, Tiaguinho (Soares), Cléber, Edson Rocha e Wanderson; Ricardo Baiano (Max), Alan Bahia, Fabinho e Netinho (Norberto); Lúcio e Isac.

São Caetano: Luiz; Marcone, Eli Sabiá, Wagner (Jaime) e Fabinho; Augusto Recife, Éder (Adriano), Moradei e Marcelo Costa; Danielzinho e Somália



Júlio Rocha, DIARIODENATAL.COM.BR
Foto: Futura Press

Magno Alves chega muito motivado no Ceará



Momentos após desembarcar na capital cearense, assinar contrato e já treinar no estádio Carlos de Alencar Pinto (CAP), o atacante Magno Alves foi apresentado à imprensa e falou sobre as suas expectativas neste retorno.

“Com muito trabalho e empenho, tenho certeza que o grupo do Ceará vai conseguir chegar ao seu objetivo, que é voltar para a Série A. Estou chegando motivado... O que ficou para traz vai ser esquecido e quero pensar no agora”, afirmou o atacante.

O Magnata, como é conhecido pelo torcedor, afirmou também sobre o seu carinho pelo Ceará Sporting Club. Para o atleta, o Vozão faz parte da sua história dentro do futebol, no entanto, Magno Alves falou sobre o desejo de passar por novos desafios.

“Gosto muito do Ceará. É um time que está marcado na minha carreira, onde tive uma grande passagem, mas um atleta só fica eternizado no clube de verdade com títulos e é o que estou buscando... Foi por isso que fizemos um contrato mais longo (até o fim de 2013)”,  garantiu.

Na tarde desta sexta, Magno Alves já treinou, sob o comando dos preparadores físicos do clube (Jorginho, Djalma Neto e Alcino Rodrigues). O jogador ainda não está regularizado, mas seguirá trabalhando com o grupo para ficar à disposição na sequência do Campeonato Brasileiro Série B 2012.

Vovô

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Mais de 13 mil ingressos vendidos para Bahia x Figueirense



Após golear o Vasco por 4 a 0, no Estádio de São Januário e empatar com o Sport em 1 a 1, na Ilha do Retiro, o Bahia volta a jogar em casa. Neste domingo (16), o Tricolor enfrenta o Figueirense, às 16 horas no Estádio de Pituaçu.

O Bahia está em recuperação no Campeonato Brasileiro. Já são seis jogos sem derrota, com grandes triunfos contra Santos, São Paulo e Vasco e empates com Atlético/MG e Sport.

Apesar dos bons resultados e da melhora na classificação, o Bahia precisa continuar pontuando, para se afastar ainda mais da zona de rebaixamento e buscar subir na tabela. Com isso, a presença da torcida tricolor será novamente essencial.

A venda de ingressos para Bahia x Figueirense começou nesta quinta-feira nos tradicionais pontos de vendas.

Até o fim da tarde desta sexta-feira, mais de 13 mil ingressos foram vendidos.

Garanta já o seu bilhete e ajude o Bahia a continuar subindo na classificação.


Confira as informações da venda de ingressos:

Pontos de vendas:

- Loja 88 do Pituba Parque Center (09:00 às 19:00)
- Bilheteria de Pituaçu (09:00 às 17:00)
- Loja 88 do Outlet Center(Cidade Baixa) (09:00 às 17:00)
- Loja 88 do Brotas Center(09:00 às 17:00)
- Sede de Praia da Boca do Rio(09:00 às 17:00)

Valores:

R$ 30,00 (Arquibancada) e R$ 60,00 (Cadeira)

Gratuidade:

* Crianças até 10 anos de idade, acompanhadas por pais ou responsável, têm gratuidade, mediante apresentação de RG.

EsporteClubeBahia

As possibilidades de cada time da Série C, segundo o "Chance de Gol"




Campeonato Brasileiro 2012 - Série C

Classificação


Grupo A
Posição
Time
Pontos
Jogos
Vitórias
Empates
Derrotas
Gols Pró
Gols Contra
Saldo de Gols
1Luverdense231172223176
2Fortaleza22116411688
3Santa Cruz151136220137
4Paysandu151136214122
5Salgueiro141135317170
6Treze13114161418-4
7Águia de Marabá13113441521-6
8ICASA12113351014-4
9Cuiabá12112631011-1
10Guarany-S6111371220-8

Grupo B
Posição
Time
Pontos
Jogos
Vitórias
Empates
Derrotas
Gols Pró
Gols Contra
Saldo de Gols
1Macaé2011623241212
2Duque de Caxias18116051516-1
3Vila Nova GO171152419145
4Oeste171152415141
5Caxias16115151619-3
6Chapecoense1611443880
7Brasiliense141142515141
8Madureira14114251015-5
9Santo André1211263813-5
10Tupi911236813-5




Grupo A
Time
Classificação para as Fases Finais
Rebaixamento para a Série D
Fortaleza99.9 %menor que 0.01 %
Luverdense99.8 %menor que 0.01 %
Santa Cruz76.7 %0.5 %
Salgueiro48.7 %1.9 %
Paysandu47.6 %1.9 %
Águia de Marabá10.7 %19.9 %
Treze9.4 %18.1 %
Cuiabá4.8 %20.8 %
ICASA2.4 %47.5 %
Guarany-S0.07 %89.5 %



Grupo B
Time
Classificação para as Fases Finais
Rebaixamento para a Série D
Macaé98.1 %menor que 0.01 %
Oeste68.5 %0.8 %
Vila Nova GO57.5 %1.5 %
Duque de Caxias46.0 %2.2 %
Chapecoense45.8 %1.9 %
Caxias43.9 %3.2 %
Brasiliense33.2 %4.7 %
Madureira6.0 %29.9 %
Santo André0.9 %64.4 %
Tupi0.09 %91.4 %



Chances por pontuação final


Grupo A
Pontuação final
Classificação para as Fases Finais
Rebaixamento para a Série D
34100.00 %0.00 %
33maior que (more than) 99.99 %0.00 %
32maior que (more than) 99.99 %0.00 %
3199.99 %0.00 %
3099.9 %0.00 %
2999.1 %0.00 %
2896.4 %0.00 %
2788.9 %menor que (less than) 0.01 %
2673.0 %menor que (less than) 0.01 %
2548.0 %menor que (less than) 0.01 %
2423.4 %menor que (less than) 0.01 %
236.7 %menor que (less than) 0.01 %
221.1 %0.1 %
210.1 %1.0 %
20menor que (less than) 0.01 %5.1 %
190.00 %18.1 %
180.00 %40.4 %
170.00 %65.9 %
160.00 %87.8 %
150.00 %96.7 %
140.00 %99.4 %
130.00 %99.98 %
120.00 %100.00 %

Grupo B
Pontuação final
Classificação para as Fases Finais
Rebaixamento para a Série D
32100.00 %0.00 %
3199.99 %0.00 %
3099.7 %0.00 %
2997.4 %0.00 %
2887.5 %0.00 %
2760.0 %0.00 %
2626.1 %0.00 %
256.8 %menor que (less than) 0.01 %
240.8 %0.07 %
230.04 %0.8 %
22menor que (less than) 0.01 %5.8 %
210.00 %19.8 %
200.00 %43.8 %
190.00 %70.1 %
180.00 %87.8 %
170.00 %96.8 %
160.00 %99.5 %
150.00 %99.98 %
140.00 %100.00 %

Presidente do Vitória comemora a volta da "Copa do Nordeste"



Presente no lançamento da Copa do Nordeste 2013 nesta quinta-feira, 13, na cidade de Fortaleza, o presidente do Vitória, Alexi Portela Júnior, comemorou o retorno da competição com força total no ano que vem.

O dirigente lembrou que o rubro-negro baiano é o maior vencedor do Nordestão, com cinco títulos. "Na semana passada a CBF reconheceu mais um título, então o Vitória é pentacampeão do Nordeste. Temos um carinho muito grande por essa competição e com o apoio da confederação e das emissoras de televisão ela vai ficar ainda mais forte", disse o presidente.

A CBF reconheceu o título do Vitória da Taça José Américo de Almeida Filho, em 1976, como o primeiro regional da história do rubro-negro. Assim, o Leão tornou-se o maior campeão do torneio, com cinco títulos: 76, 97, 99, 2003 e 2010.

O presidente ainda falou sobre a expectativa de retornar à Série A do Campeonato Brasileiro no próximo ano, fortalecendo ainda mais o rubro-negro baiano. "Esse ano montamos um elenco muito forte, um elenco para ser campeão da Série B. Queremos não apenas subir, mas ser campeões da Série B, esse é o nosso intuito e montamos o time para isso", afirmou.

A Tarde

Fortaleza trabalha firme para encarar Paysandu



O Fortaleza Esporte Clube deu sequência, nesta quinta-feira (13), à preparação para o clássico regional com o Paysandu. Ocupando a vice-liderança do grupo A, o Tricolor cearense busca quebrar a série de empates nos dois últimos jogos e conquistar a primeira vitória no returno da competição. Para isso, a Comissão Técnica comandou um treinamento técnico-tático na noite de hoje.

A atividade foi iniciada com um trabalho físico orientado pelo preparador Roger Gouveia. Também foram feitos exercícios visando a parte técnica. Em seguida, o técnico Vica dividiu o grupo em dois. Uma parte do elenco fez um trabalho de posicionamento, enquanto o restante trabalhou com o auxiliar técnico Ruben Furtenbach. No final, o treinador realizou ainda exercícios específicos para os defensores.

Amanhã, o Leão volta a treinar no Parque dos Campeonatos. A atividade teve seu horário remarcado para 9h. No próximo domingo, o Fortaleza enfrenta a equipe paraense do Paysandu, em partida válida pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Vica deseja manter a sua invencibilidade na competição, que já dura nove jogos. O confronto ocorre no Estádio Presidente Vargas, às 17h.

Fortaleza

Hugo é a novidade na lista de convocados de PC Gusmão



O técnico do Ceará, Paulo César Gusmão, relacionou 19 jogadores para o confronto do próximo sábado (15) contra o Joinville, às 16h20, no Estádio Presidente Vargas.

A princpal novidade na lista foi o retorno do atacante Hugo, há tempos longe das convocações do treinador do Vovô. A presença do jovem Luiz Henrique também chama atenção. Vale lembrar que Mota, suspenso, desfalcará o alvinegro contra o JEC.

Heleno e Paulo sérgio, titulares duarante grande parte do campeonato, estão fora da relação. Como vem acontecendo desde o empate por 1 a 1 contra o Guaratinguetá, o goleiro Adílson segue fora do grupo.

Os 19 relacionados por PC Gusmão

Goleiros:
Fernando Henrique
Dionantan

Laterais
Apodi
Marcio Careca

Zagueiros:
Daniel Marques
Luizão
Thiego

Volantes:
Juca
João Marcos
Eusebio
Jardel
Róbston

Meias:
Bruninho
Magno

Atacantes:
Itamar
Robert
Misael
Luiz Henrique
Hugo

Jangadeiro

Relacionados do América-RN para enfrentar o São Caetano



O técnico Roberto Fernandes relacionou 21 jogadores para o jogo desta sexta-feira (14), contra o São Caetano-SP, a partir das 21h00 no estádio Nazarenão, em Goianinha/RN. A partida é válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Para esta partida, o técnico Roberto Fernandes não poderá contar com o volante Márcio Passos e com o atacante Pingo, que estão suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo. O meia Índio, o zagueiro Bruno Costa e o lateral Gustavo estão entregues ao Departamento Médico. O goleiro Galatto segue no trabalho de transição entre Departamento Médico e preparação física.

..:: Relacionados ::..

Goleiros: Thiago Schmidt e Dida
Laterais: Thiaguinho, Wanderson e Norberto
Zagueiros: Cléber, Edson Rocha e Rodrigão
Volantes: Ricardo Baiano, Alan Bahia, Michel, Ewerton, Fabinho e Nata
Meias: Netinho, Thiago Galhardo e Marcel
Atacantes: Isac, Max, Soares e Lúcio

DN

ASA enfrenta Criciúma fora de casa



Sem tempo para comemorar, o ASA já seguiu para Santa Catarina, onde nesta sexta-feira, às 19h30, no estádio Heriberto Hulse, o Criciúma, buscando adentrar ao grupo dos 10 melhores colocados da Série B.

O elenco alvinegro deixou a cidade de Arapiraca por volta das 13h00, seguindo para Maceió, onde embarcou às 16h00, com destino ao Estado de Santa Catarina. Em solo sulista, o time arapiraquense está hospedado em um hotel de Criciúma.

O ASA ocupa a 13ª posição da tabela com 3 pontos ganhos, enquanto o Criciúma é o vice-líder com 46 pontos somados na classificação da competição nacional.


ASA

CRB já concentrado para confronto com ABC



O regime de concentração dos atletas que vão atuar no sábado contra o ABC já começou. Após um planejamento da comissão técnica e da diretoria regatiana, todos se apresentaram às 22h desta quinta-feira (13) na Pajuçara. Os atleta ficam concentrados no casarão Antonio Gomes de Barros até momentos antes do jogo.

Nesta sexta-feira  (14) pela manhã acontece o coletivo-apronto que irá definir os titulares. O atacante Edson, o zagueiro Rogélio e o volante Gilberto são os desfalques de última hora devido às contusões.

"Sabemos da importância deste jogo e por isso queremos que todos estejam focados. É um momento de uniãoi do grupo e vamos com tudo buscar essa vitória", disse o assessor especial Alarcon Pacheco.

Junior de Melo/CRB

Náutico perde para o Grêmio no Olímpico



O Náutico amargou a segunda derrota consecutiva no campeonato, fora de casa, dessa vez para o Grêmio, que atravessa grande fase, pelo placar de 2x0. Os gols da partida foram marcados por Marco Antônio, ex-Náutico, que entrou no segundo tempo, e do atacante Kléber, no finalzinho da partida. Atualmente o Timbu ocupa a 14ª colocação do Brasileiro, com 28 pontos. O próximo desafio é contra o Atlético-MG, vice-líder, com 51, domingo, às 16h, nos Aflitos.

O Jogo

Foi do Náutico a primeira chance de gol. Aos dois minutos, grande oportunidade numa falta cobrada por Lúcio na quina da grande área, mas o lateral bateu direto para o gol, para a defesa de Marcelo Grohe.

O Grêmio respondeu no chute fora da área do meia Marquinho, que substituia Zé Roberto, mas a bola passou à direita da meta de Gideão.

O time gaúcho tinha mais posse de bola, mas não conseguia criar as jogadas, devido a forte marcação da equipe alvirrubra, que dificultava a saída do adversário.

Aos 23 minutos o técnico alvirrubro foi obrigado a fazer a primeira modificação do jogo. Martinez saiu com dores musculares na coxa para entrada de Josa.

O Náutico continuava bem postado em campo e o Grêmio não criava nada. As melhores oportunidades, como era de se esperar, vinha do alto, com as bolas aéreas.

Aos  32 minutos, o Grêmio desperdiçou a melhor oportunidade do jogo. Após falta cobrada por Elano pela direita, Souza bateu de chapa, e a bola explodiu no travessão de Gideão, indo para linha de fundo.

O Grêmio teve outra boa oportunidade no chute de fora da área de Fernando, a bola fez uma curva e passou raspando o travessão de Gideão.

No final do primeiro tempo, Souza fez a inversão de jogo da equerda para a direita e encontrou Patric livre, o lateral avançou, ganhou do zagueiro e chutou rasteiro, cruzado, nas redes pelo lado de fora, assustando o goleiro Marcelo Grohe.


2º TEMPO

No intervalo da primeira para a segunda etapa, o técnico gremista, Wanderley Luxemburgo, resolveu fazer duas substituições na equipe. Leandro entrou no lugar de Marquinhos e Marco Antônio na vaga de Fernando.

Na primeira participação, Leandro teve grande oportunidade de abrir o marcador, logo aos dois minutos. Ele recebeu na entrada da área e chutou, a bola passou perto, por cima do gol, assustando Gideão.

Mas o Timbu respondeu em seguida, em dois contra-ataques rápidos. O primeiro com Rogério e o segundo com Rhayner. Os dois tentaram supreender Grohe com arremates de fora da área, mas o goleiro estava bem colocado e fez as defesas.

O Náutico teve a chance de inaugurar o placar após a boa jogada de Elicarlos que deixou Souza em boas condições, mas na hora de dominar, deixou escapulir e Grohe ficou com a sobra.

O Timbu era melhor na partida, mas o Grêmio abriu o placar de forma um pouco despretenciosa. Marco Antônio, ex-Náutico, que acabara de entrar, acertou um chute de longe e a bola foi no canto direito de Gideão, inaugurando o placar no Olímpico. Grêmio 1x0 Náutico.

Atrás do placar, o técnico Alexandre Gallo resolveu mexer duas vezes no time. João Paulo entrou no lugar de Souza e Kim na vaga de Lúcio. Luxemburgo também resolveu mudar, colocando Léo Gago na vaga de Marcelo Moreno, logo em seguida.

O jogo ficou morno até os 28 minutos, quando Patric perdeu a bola Léo Gago, o jogador avançou e chutou da entrada da área, Gideão fez grande defesa, espalmando de pontas de dedo, para escanteio.

Em busca do empate, o Timbu foi para o ataque e sobrava espaços para o Grêmio trabalhar as jogadas. Na cobrança de lateral, Kléber fez o giro em cima de Alemão e cruzou rasteiro para a área, o atacante furou, mas Pará pegou de primeira, obrigando Gideão a fazer grande defesa, espalmando para escanteio.

Depois foi a vez de Elano cobrar uma falta frontal à meta de Gideão, mas o goleiro alvirrubro, atento ao lance, espalmou afastando perigo.

No finzinho da partida, Rogério teve outra boa oportunidade para empatar, mas pegou mal na bola, chutando por cima do gol de Marcelo Grohe.

O castigo veio no lance seguinte. Após cruzamento rasteiro pela direita, Kléber fez o giro em cima de Douglinhas e chutou rasteiro, no canto direito de Gideão, que nada pode fazer, decretando números finais na partida. Grêmio 2x0 Náutico.


FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 2X0 NÁUTICO

Local: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 13/9/2012 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Edinei Guerreiro Mascarenhas (Fifa-RJ) e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (Fifa-RJ)
Renda/Público: R$339.351,00 / 17.399 pagantes
Cartões Amarelos: Fernando (GRE); Patric, Jean Rolt e Josa(NAU)
Cartões Vermelhos: Não houve

GOLS: Marco Antônio, 15'/2ºT (1-0); Kleber, 46'/2ºT (2-0)

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando (Marco Antônio), Souza, Elano e Marquinhos (Leandro - Intervalo); Kleber e Marcelo Moreno (Léo Gago - 25'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

NÁUTICO: Gideão, Patric, Alemão, Jean Rolt e Lúcio; Elicarlos, Souza (João Paulo - 23'/2ºT), Martinez (Josa - 26'/1ºT) e Lúcio (Kim - 23'/2ºT); Rhayner e Rogério. Técnico: Alexandre Gallo.

Por Alexandre Wolkoff / Foto: Ricardo Rímoli (Lancenet)

O 3º uniforme do Santa Cruz


Este é o uniforme nº 3 do Santa Cruz.

Ao contrário dos anos anteriores, a diretoria do clube junto com a Penalty decidiram esqueceram um pouco, o padrão fita azul.


Jorginho pode trocar Bahia pelo Palmeiras



A procura por um substituto para a vaga de Luiz Felipe Scolari está intensa no Palmeiras. A diretoria espera que até o meio da semana que vem já tenha acertado com um novo treinador para tentar a reabilitação no Campeonato Brasileiro. Jorginho, do Bahia, recebeu uma ligação de um representante do clube para saber seu interesse em voltar ao Alviverde e a conversa foi positiva.

Em 2009, Jorginho teve seis vitórias seguidas antes ser substituído por Muricy Ramalho
O treinador avisou que iria conversar com o presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, e daria uma resposta ao Palmeiras o quanto antes.

Desde que assumiu o time baiano, no lugar de Caio Júnior, Jorginho embalou uma sequência de bons resultados e fez a equipe subir na tabela.
Jorginho comandou o Palmeiras interinamente em 2009, substituindo Vanderlei Luxemburgo e após seis vitórias consecutivas, foi substituído por Muricy Ramalho. Mas sempre teve seu nome lembrado pelos torcedores e visto com bons olhos pelos dirigentes palmeirenses.

Apesar do interesse em Jorginho, Emerson Leão ainda não é carta fora do baralho. O Palmeiras mantém a conversa com o atual técnico do São Caetano, mas a negociação parece mais difícil.
Para o clássico contra o Corinthians, domingo, o Palmeiras será comandado pelo ex-zagueiro Narciso, que dirige o time Sub-20 Alviverde.

Estado

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Representantes da Fifa e do COL visitam canteiro de obras da Arena Pernambuco



O secretário Extraordinário da Copa do Mundo 2014, Amir Schvartz (foto), e a assessora executiva da pasta, Ana Claudia Mota, acompanharam, na manhã desta quinta-feira (13), mais uma visita técnica dos membros da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL -Brasil) ao canteiro de obras da Arena Pernambuco, que está sendo erguida em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. A inspeção teve como objetivo acompanhar a execução e o planejamento dos serviços operacionais necessários para o sucesso de um campeonato mundial de futebol, como acessibilidade, logística e segurança de todos os participantes.

Durante a vistoria pôde ser visualizada a instalação de mais uma laje de arquibancada premoldada. “É um imenso prazer acompanhar mais uma missão oficial dos organizadores da Copa ao nosso estado. Quero destacar ainda a aproximação e o diálogo produtivo com os parceiros locais. Como engenheiro, garanto que a Arena Pernambuco poderá sediar não apenas jogos de futebol, mas todo tipo de evento. Se Deus quiser será confirmada como uma das subsedes da Copa das Confederações”, ressaltou o secretário Amir Schvartz, que representou o prefeito João da Costa na vistoria.

Além do representante da Prefeitura do Recife, também participaram da coletiva com a imprensa o diretor do Escritório da Fifa no Brasil, Fúvio Danilas, o diretor executivo do Comitê Local, Ricardo Trade, e o secretário da Secopa estadual, Ricardo Leitão, que também destacou os avanços da obra e a confiança de ser uma das subsedes da Copa das Confederações.

As obras de construção da Arena Pernambuco, que atualmente envolvem quase quatro mil trabalhadores, impressionam pelo empenho dos operários e pelo ritmo acelerado. Em outubro, os integrantes da Fifa e do COL voltam ao local, desta vez para avaliar o andamento das obras físicas e a possibilidade de conclusão até o final de fevereiro de 2013, o que garantirá a participação pernambucana na Copa das Confederações.

Secopa Recife
Foto: Carlos Oliveira

FPF divulga informações dos torneios sub-15 e sub-17


Confira os horários de concentração e abertura, o local e as informações para a primeira partida do Pernambucano de jovens atletas em 2012.

Na tarde desta quarta-feira (12), a Diretoria de Competições da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) estabeleceu a programação para o primeiro dia dos torneios Sub-15 e Sub-17. A concentração está marcada para o próximo sábado (15), às 13h, no estádio do Arruda. O desfile de abertura será às 14h e todas as equipes devem ser representadas por, no mínimo, 11 atletas padronizados. O atleta do Santa Cruz Futebol Clube Matheus Ramos será o orador.

O campeão do Pernambucano Sub-17 2011, Náutico, fará a partida de abertura contra o Jaguar, às 15h, pelo grupo 09 da categoria Sub-17. Os portões estarão abertos para o torcedor pernambucano que quiser comparecer ao José do Rego Maciel para acompanhar o desfile e o jogo inicial do torneio deste ano.

Os 54 times disputantes desta temporada estão divididos em nove grupos com seis equipes. Todos as rodadas duplas do torneio serão realizadas aos sábados, domingos e feriados.

Santa vacila e empata com Salgueiro no Arruda



Santa Cruz e Salgueiro protagonizaram, nesta quinta, uma partida de nível Série C. Faltaram técnica, jogadas de efeito, raça e gol. Sobraram chutões, erros de arbitragem e lances bizarros. Um 0 a 0 de dar “calo nos olhos”. Pela quantidade de gols perdidos, o Carcará mereceu sair com o resultado positivo. No fim da partida, uma vaia ensurdecedora mostrou o quanto a torcida coral perdeu a paciência com o time. Por ironia, o Tricolor teve uma recompensa. O empate alçou a equipe à terceira colocação. Chegou aos mesmos 15 pontos do Paysandu, mas está à frente, por causa do saldo de gols.

O primeiro tempo fez jus ao status de “clássico” do qual Santa Cruz xSalgueiro foi alçado. Até o duelo de ontem, foram cinco partidas nesta temporada, com duas vitórias para cada lado e um empate. O histórico de confrontos em Série C, inclusive, guardava uma coincidência: em três jogos, três empates em 2 a 2. A etapa inicial teve ritmo de equilíbrio. Respeito, marcação, cautela. Poucas (quase nenhuma) chances de gol. Logo aos cinco minutos, Clebson tabelou com Júnior Ferrim e chutou com perigo. Aos 24, em cobrança de falta, Leandro Oliveira obrigou o goleiro Luciano a se esticar todo para defender o arremate. Foi só. Nenhum outro lance capaz de levantar o
torcedor, presente em grande número. Zé Teodoro foi forçado a mudar o esquema da equipe. Lesionado, Maizena saiu para a entrada de Everton Sena. O “Carrapato” colou em Élvis, Memo foi para a lateral direita.

Na volta do intervalo, Renatinho assumiu a vaga de Leozinho. Mas foi o Carcará quem ameaçou a meta adversária. Aos cinco minutos, por um milagre, o Salgueiro não abriu o placar. Júnior Ferrim cabeceou, Édson Borges tirou em cima da linha. Em seguida, Clebson chutou forte, Fred espalmou. Os corais responderam com Dênis Marques, com um chute de fora da área. Logo de cara, Zé Teodoro queimou a terceira substituição, com Caça-Rato no lugar de Tiago Costa, com Renatinho deslocado para a ala esquerda. Sem qualquer resquício de lucidez técnica, o duelo seguiu feio, morno, aberto somente a crítícas. O Salgueiro fez a tradicional “cera”. Sem necessidade, pois tinha reais condições de vencer. O árbitro, sem controle da partida e errando para ambos os lados, contribuiu para o espetáculo do grotesco. Ao
público coral, restaram as vaias e a torcida para o time se livrar do sufoco.

FICHA TÉCNICA

Santa Cruz
Fred; Maizena (Everton Sena), William Alves, Édson Borges e Tiago Costa (Caça-
Rato); Memo, Sandro Manoel, Leandro Oliveira e Leozinho (Renatinho); Paulista
e Dênis Marques. Técnico: Zé Teodoro

Salgueiro
Luciano; Marcos Tamandaré, Fernando Belém, Luiz Eduardo e Peri; Dinho, Rodolfo
Potiguar, vítor Caicó e Clebson (Kássio); Élvis (Edmar) e Júnior Ferrim
(Marciano). Técnico: Neco

Local: Estádio do Arruda (Recife). Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE).
Assistentes: José Wanderlei da Silva (PE) e Clóvis Amaral da Silva (PE).
Cartões amarelos: Sandro Manoel (SC); Élvis, Fernando Belém e Rodolfo Potiguar
(S). Público: 28.260. Renda: R$ 368,360,00


Rafael Brasileiro - Diario de Pernambuco