sábado, 13 de julho de 2013

Ponte Preta 0 x 0 Bahia - Melhores momentos



CamFWayne7

Conheça o Presidente inglês do Alecrim

Por Marcelo Araújo

Ainda esta semana, eu conversava com o zagueiro Moisés Praxedes do Serrano e perguntava a ele, onde é que o Alecrim, que não está disputando nenhuma divisão do futebol brasileiro encontra dinheiro para contratar bons jogadores e disputar a Taça EcoHouse. O atleta me falou que um inglês está investindo bastante no clube. Daí, encontrei esta matéria do Planeta Futebol. Confira:


  Anthony Armstrong é um empresário inglês bem sucedido do ramo de construção civil. Em outubro do ano passado, tornou-se presidente do Alecrim-RN. 




   Por influências familiares, decidiu investir no esporte oriundo de seu país. Devido ao sucesso de sua multinacional, pretende implementar uma gestão profissional ao clube potiguar. Em alguns anos, buscará o título estadual.

   O ingresso de estrangeiros qualificados no futebol brasileiro poderá trazer profissionalismo: gerência e fiscalização das irregularidades dos antigos marajás-cartolas. Nossos times são muito mal administrados. Os presidentes e dirigentes pouco sabem de Gestão. Desconhecem a matéria Orçamento-Planejamento. Deixam suntuosas dívidas para seus sucessores. Acomodaram-se nas cotas de televisão. Lamentavelmente; CBF, federações e as agremiações possuem ranços com raízes profundas em posturas amadoras.

   Acompanhemos com minúcia a experiência do súdito da rainha que pode servir de exemplo para todo o Brasil. 

http://www.planetafutebol.net/2013/06/para-ingles-ou-brasileiro-ver.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Colunista: Pedro Silveira

Ceará 4 x 1 ASA - Os gols



CamFWayne7

Técnico Sérgio Guedes do Ceará analisa a vitória sobre o ASA por 4 x 1





Guaratinguetá 3 x 0 Icasa - Os gols




CamFWayne7

Vágner Mancini se apresenta no Atlético-PR

Sandro Barbosa analisa a vitória do Santa em cima do Fortaleza




CSA perde em casa e se complica na Série D

Em partida realizada pela 4ª rodada da Série D, o CSA perdeu por 2 x 0 para o Sergipe no Estádio Rei Pelé.

Os alvirubros abriram o placar aos 23 minutos, Parral fez um lançamento para Leandro Kível, que dominou e soltou o pé para fazer o primeiro do Sergipe.

Aos 38 minutos do segundo tempo, Lucão recebeu livre, passou pela zaga do CSA e acertou o canto para ampliar para o Gipão e fechar partida.

Os alagoanos ficam em situação complicada na tabela. Não fizeram nenhum ponto nos três jogos realizados, amargando a lanterna do grupo A4, já o Sergipe soma 10 pontos e lidera a classificação.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série D 2013 –Grupo A4 – 4ª rodada

Jogo: CSA 0 x 2 Sergipe
Gols: Leandro Kível, aos 23’ do 1T, e Lucão, aos 38’ do 2T
Local: Estádio Rei Pelé, Maceió-AL
Data: 13/07/13(sábado)
Árbitro: Caio Max Augusto (CBF-RN)
Auxiliar 1: Izac Márcio da Silva (CBF-RN)
Auxiliar 2: Luis Carlos Câmara  (CBF-RN)

CSA:

Flávio, Igor (Marielson) Tiago, Wagner Silva e Brida (Paulinho)
Robson, Elyeser, Alex Henrique e Rone Dias
Vavá (Wilson) e Everaldo. Técnico: Beto Almeida

Sergipe:

Pablo, Parral, Emerson, Cláudio Baiano e David (Magno)
Wallace, Rodrigo, Rafael e Fabinho Cambalhota (Léo)
Lucão e Leandro Kível (Almir Sergipe). Técnico: Givanildo Sales


América-RN 2 x 4 Sport



CamFWayne7

Santa Cruz 2 x 1 Fortaleza - Os gols



CamFWayne7

Palmeiras 4 x 1 ABC - Melhores momentos



CamFayne7

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Juninho Pernambucano já treina no Vasco



CamFWayne7

América-RN tenta vitória contra o Sport com mudanças

Após superar o Bragantino por 1 a 0 na última rodada e conseguir seu primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro da Série B, o América-RN tenta confirmar o bom momento e manter o embalo na competição nacional. Em busca deste objetivo, o time potiguar mede forças com o Sport, neste sábado, às 16h20 (de Brasília), no estádio Barretão, em partida válida pela oitava rodada do torneio.

O resultado diante do clube paulista animou o América-RN, que deixou a penúltima colocação e subiu para 18ª posição na tabela de classificação da Série B, com seis pontos. A vitória recolocou a equipe nordestina na disputa para sair da zona de rebaixamento, podendo deixar o grupo até mesmo nesta rodada. Para isso, basta triunfar diante do Sport.

Entretanto, o treinador Roberto Fernandes terá algumas complicações para escalar a equipe. O meio-campista Cascata, o zagueiro Edson Rocha e o atacante Júnior Negão não terão condições físicas de atuar contra o clube pernambucano e foram vetados pelo Departamento Médico. Recuperados de lesão, o lateral esquerdo Renato Potiguar, o volante Fabinho e o Cléo passam por fase de transição e também não jogam.
A principal novidade será o atacante Rodrigo Pimpão, que acertou vínculo após passagem pelo Suwon Bluewing, da Coreia do Sul, e já tem situação regularizada na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A dúvida de Roberto Fernandes fica por conta da utilização do atleta, que pode começar como titular ou no banco de reservas.

“O objetivo é sempre a vitória. De preferência, aliada a qualidade técnica e tática, a um bom rendimento do time, que encha os olhos do torcedor e da imprensa, e que dê mais confiança para nós também. Esse é nosso objetivo. Tentaremos vencer produzindo bem, fazendo um bom jogo, mas, se não for possível, temos que buscar o triunfo de qualquer jeito”, explica o goleiro Andrey.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN x SPORT
Local: Estádio Manoel Dantas Barreto, em Ceará-Mirim (RN)
Data: 13 de julho de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)
Assistentes: Thiago Gomes Brigido (CE) e Marcos da Silva Brigido (CE)
AMÉRICA-RN: Andrey; Norberto, Edvânio, Cléber e Rai; Márcio Passos, Mazinho, Daniel Resende e Vinícius Pacheco; Alex e Tiago Adan
Técnico: Roberto Fernandes
SPORT: Magrão; Patric, Pereira, Tobi e Marcelo Cordeiro; Anderson Pedra, Rithely, Lucas Lima e Camilo; Felipe Azevedo e Marcos Aurélio
Técnico: Marcelo Martelotte

Gazeta Esportiva

Classificação da Série B antes dos jogos da sexta-feira

Nesta sexta-feira, acontecerão dois jogos na continuação da 8ª rodada da Série B do campeonato brasileiro.

Palmeiras x ABC e Atlético-GO x Figueirense.

Partidas que devem mexer com a classificação. G-4 e zona do rebaixamento são áreas mais observadas por quem acompanha a competição.

Confira a classificação antes do jogos.


ClubePGJVEDGPGCSGA%
Chapecoense-SC1976101851390,5
Joinville-SC157502167971,4
Palmeiras-SP157502123971,4
Figueirense-SC1374121410461,9
América-MG1374121312161,9
Sport-PE1274031210257,1
Paraná-PR11732265152,4
Icasa-CE1073131211147,6
Bragantino-SP10731366047,6
10º
Atlético-GO10731369-347,6
11º
São Caetano-SP10824296341,7
12º
Paysandu-PA982331212037,5
13º
Boa Esporte-MG98233611-537,5
14º
Oeste-SP98233814-637,5
15º
Avaí-SC87223911-238,1
16º
ASA-AL77214611-533,3
17º
Ceará-CE7714267-133,3
18º
América-RN67133812-428,6
19º
Guaratinguetá-SP47115917-819,0
20º
ABC-RN27025312-99,5

ABC visita Palmeiras com muitas mudanças

ABC modificado em São Paulo

Se o Palmeiras manterá a escalação da última rodada, quando goleou o Oeste, o ABC virá a São Paulo repleto de mudanças para tentar espantar a má fase na temporada. E para tentar começar a reação na Série B, o dono do pior ataque da competição (três gols marcados) terá que furar a melhor defesa do torneio (três gols sofridos).

Waldemar deverá promover, no mínimo, três alterações em relação à derrota por 1 a 0 para o Atlético-GO
A necessidade de melhorar o poder de fogo, no entanto, não desespera o técnico Waldemar Lemos, que sacou Felipe Alves para a entrada de Rodrigo Santos. Assim, o Mais Querido entrará em campo no Pacaembu com um 4-5-1, tendo Pingo como único atacante de ofício, três volantes e dois meias. Na defesa, Flávio Boaventura entrou na vaga de Vinicius e, na lateral direita, Renato assume o posto de Thiaguinho.

Responsável pela criação das jogadas abecedistas, Erick Flores quer ver os companheiros se superando para tentar deixar a lanterna da Série B. "Todos estamos cientes da situação. Temos que ser cobrados, precisamos trabalhar, treinar bastante, que só com muito trabalho tiraremos o ABC dessa situação e daremos a volta por cima", afirmou o meia à Tribuna do Norte.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X ABC
Local: Pacaembu, em São Paulo
Data: 12 de julho de 2013, sexta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Antonio Denival de Morais (PR)
Assistentes: Marcos Rogério da Silva e Pedro Martinelli Christino (ambos do PR)
PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, André Luiz, Henrique e Juninho; Charles, Márcio Araújo, Wesley e Valdivia; Vinicius e Leandro
Técnico: Gilson Kleina
ABC: Lopes; Renato, Flávio Boaventura, Lino e Guto; Edson, Bileu, Rodrigo Santos, Tony e Erick Flores; Pingo
Técnico: Waldemar Lemos

Gazeta

Continuam as vendas de ingressos para América-RN x Sport

Fonte: Blog do Mecão



Os ingressos para o jogo contra o Sport-PE, que acontecerá no Sábado (13), às 16h20, no estádio Barrettão, pela oitava rodada da Série B, podem ser adquiridos nos seguintes pontos de vendas:

- Espaço Sócio Dragão;
- América Store na Estrada (Shopping Cidade Jardim)
- Quiosque Show de Bola (Hiper da Prudente);
- Pittsburg da Prudente;
- Óticas Diniz do Norte Shopping;
- Drogarias Santana (Ceará Mirim).
- Os valores são de R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

Martelotte: "Não considero o América-RN um time mais fraco..."

Por Walleys Santos


Treinador leonino não quer saber de favoritismo

Precaução e cautela no futebol andam lado a lado. E por isso o treinador do Sport Recife, Marcelo Martelotte, pregou total respeito ao adversário do Leão no próximo sábado (13), o América-RN, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Mesmo vindo de uma importante vitória na rodada anterior, onde venceu o Joinville-SC jogando em Santa Catarina por 3x2, o discurso do técnico rubro negro é de total atenção junto ao adversário:



No tocante ao time que vai a campo contra a equipe potiguar, Martelotte confirmou:



América-RN x Sport se enfrentam no sábado (13) às 16h20 no estádio Barretão, em Ceará-Mirim/RN.

Alagoano Gilberto vai para a Lusa

A direção do Inter acertou o empréstimo do atacante Gilberto, que estava fora dos planos do técnico Dunga, para a Portuguesa. O jogador, que se recupera de uma lesão na planta do pé esquerdo sofrida no confronto contra o seu futuro clube, vai ficar até junho de 2014 defendendo o time do Canindé.

Gilberto ganhou várias oportunidades com o técnico Dunga durante o Campeonato Gaúcho, mas nunca conseguiu se firmar entre os titulares ou como primeira alternativa entre os reservas. Com a direção colorada anunciando publicamente que está em negociações com os atacantes Nilmar e Saviola para reforçar o Inter, o espaço de Gilberto ficou ainda mais reduzido.

O empréstimo de Gilberto para a Portuguesa também pode fazer parte de uma outra negociação envolvendo os dois clubes. O Inter quer adquirir os 50% do vinculo econômico do lateral esquerdo Fabrício, que pertence a Portuguesa. A ida de Gilberto pode servir para diminuir o valor que a equipe do Canindé deseja para repassar a sua parte do vinculo do lateral Fabrício.

Terra

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Federação mato-grossense pode ser multada por falta de ambulância em jogo da série C

Na primeira rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, quando o Cuiabá recebeu o Treze, no Presidente Dutra, a partida começou atrasada por falta de ambulância. Responsável pela organização do jogo, a Federação Matogrossense de Futebol (FMF) acabou denunciada e, nesta próxima sexta-feira, dia 12 de julho, a partir das 11h, será julgada pela Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).
 
No dia 5 de junho, o Cuiabá goleou o Treze por 4 a 0, na estreia da terceira divisão. A partida começou atrasada em cinco minutos, por falta de ambulância. Apesar de ser o mandante, o Dourado não foi denunciado pela infração e sim a Federação Matogrossense. De acordo com Estatuto do Torcedor, é de responsabilidade de cada Federação tomar as medidas necessárias para realização da partida, inclusive disponibilizando uma ambulância para cada 10 mil torcedores presentes ao estádio.

Pela infração, a FMF responderá por “deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento: de obrigação legal de regulamento, geral ou especial, de competição”, de acordo com o artigo 191, incisos I e III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê multa de R$ 100 a R$ 100 mil, com fixação de prazo para cumprimento da obrigação.

Como a falta da ambulância atrasou o início da partida, a Federação também foi denunciada por “dar causa ao atraso do início da realização de partida”, conforme o artigo 206 do CBJD. A punição é multa de R$ 100 a R$ 1 mil por minuto.

Consta na súmula também que houve controvérsia sobre o pagamento das taxas do quarto árbitro, em razão de divergências com relação à residência do mesmo. A procuradoria requereu esclarecimentos da FMF e foi comprovado o pagamento correto das referidas taxas. Com isso, o fato foi arquivado e não houve denúncia.

Justiça Desportiva

Dênis Marques e o que é preciso para vencer o Fortaleza




Foto: CoralNet

Leão da Ilha pode anunciar a qualquer momento meia que está no São Caetano-SP



Meia deve estar acertando sua vinda para o Sport

Que a diretoria do Sport está encontrando dificuldades para contratar reforços no atual campeonato brasileiro, não é nenhuma novidade.

Aos poucos as solicitações de reforços do técnico Marcelo Martelotte estão sendo atendidas. O volante Anderson Pedra, o lateral direito Patrick e os zagueiros Pereira e Vinicius, já se integram a essa lista de reforços.

Outro provável reforço leonino pode ser o meia Pedro Carmona (foto) que está no São Caetano-SP. O jogador de 25 anos, já teve passagens pelo Criciúma-SC, Palmeiras-SP e vestia a camisa do azulão paulista e deve estar confirmando sua vinda para o clube da Praça da Bandeira.

Confiram a ficha técnica do jogador:

NOME: Pedro Carmona da Silva Neto
IDADE: 25 anos
NATURALIDADE: Porto Alegre-RS
POSIÇÃO: Meia esquerda
ALTURA:1,77m
CLUBES: Juventude-RS (2006,2007 e 2008); São José-RS (2008), Internacional-RS (2009); Figueirense-SC (2010), Criciúma-SC e Palmeiras-SP (2011); Palmeiras-SP e São Caetano (2012); São Caetano-SP (2013).

Zagueiro é apresentado na Ilha do Retiro


Na manhã dessa quinta-feira (11), enfim o zagueiro Vinicius Simon foi apresentado na Ilha do Retiro. O jogador que pertence ao Santos Futebol Clube assinou contrato junto ao Leão da Ilha do Retiro por seis meses.

A vinda de Vinicius pro Sport foi um pedido do técnico Marcelo Martelotte que trabalhou com o atleta quando de sua passagem pelo clube santista.

Vinicius não viajou com a delegação para o Rio Grande do Norte-RN, onde o time joga contra o América-RN pela Série B, tendo em vista que ainda não está regularizado, mas pode ficar a disposição para o jogo contra o Avaí-SC na próxima terça (16), na ilha do Retiro.


O zagueiro falou um pouco sobre as suas características e sobre a concorrência que encontrará no grupo rubro negro.

Rio Branco-AC 1 x 2 Águia de Marabá - Os gols

Em partida válida pela 4ª rodada da Série C do campeonato brasileiro, o Rio Branco perdeu em casa para o Águia de Marabá por 2 x 1. Confira:



Diario do Pará

Baraúnas 0 x 2 Treze - Os gols

Em jogo válido pela 4ª rodada da Série C do campeonato brasileiro, o Baraúnas perdeu em Caicó para o Treze por 2 x 0. Veja os gols:



TV Seridó

Bode promove jantar de adesão


A diretoria do ECPP Vitória da Conquista promoverá um jantar beneficente hoje para que o torcedor possa colaborar com o clube que está disputando o Campeonato Brasileiro da Série D.

O evento está sendo organizado devido aos custos elevados para disputar a competição nacional e a diretoria esperar arrecadar fundos para a manutenção da equipe, que hoje se encontra na zona de classificação e com um elenco reforçado por 10 contratações desde o início da competição.

O jantar acontecerá no Espaço Pallazo (Aloudite), na Avenida Espanha, nº 540, Bairro Candeias e o convite individual custará R$100,00.

Daniel Freitas revela pressão do colegiado alvirubro e sai frustrado do Náutico


Daniel Freitas não é mais superintendente de futebol do Náutico. O dirigente foi avisado da decisão ontem (10/07) à noite pelo presidente do clube Paulo Wanderley. Daniel disse que já esperava a decisão, mas acreditava que ainda poderia contribuir com o trabalho no clube. Ele resumiu o sentimento como frustração, por ter de interromper o trabalho no meio, e alívio por não ter mais de suportar a pressão por parte do colegiado de futebol, composto por nada menos que 17 dirigentes que atuam de forma direta no dia-a-dia do clube.

  “Infelizmente não foi possível dar continuidade ao trabalho que estava desenvolvendo por uma incompatibilidade na metodologia de trabalho com o colegiado. Saio com a sensação de frustração por não ter conseguido implantar aquilo que considero ideal no modelo de gestão do futebol atual. Por outro lado, há o alívio porque havia muita pressão do colegiado pela minha saída nas últimas semanas. Agradeço ao presidente Paulo Wanderley que foi muito correto comigo o tempo todo e agora vou dar sequencia na minha carreira em outro lugar”, disse Daniel, que tem MBA em gestão esportiva, trabalhou nas categorias de base do Botafogo e iniciou como executivo de futebol no Vasco.

 Daniel Freitas fez questão de agradecer também aos diretores Armando Ribeiro, Carlos Hunka, Alexandre Homem de Melo, ao vice presidente financeiro e administrativo Eduardo Morais e ao presidente do conselho deliberativo Berillo Júnior.

Diretor do Sport confirma acerto com boliviano Chumacero





Boliviano defenderá o Sport por no mínimo três anos.


Foto: Sport Recife



Técnico do Bahia analisa a virada sobre o São Paulo



Esporte Interativo

Fortaleza fica no 0 x 0 com Luverdense



CamFWayne7

Nereu Pinheiro e as dificuldades do Olinda na Série A2




Zagueiro Matheus Alves de saída do Sport


Por Ricardo Luis



A diretoria do Sport, através da assessoria do clube, confirmou na manhã desta quinta-feira (11), que o zagueiro Matheus Alves não faz mais parte dos planos do técnico Marcelo Martelotte.
Com essa definição, clube e jogador estão em conversações para a rescisão de contrato.

Matheus chegou ao Sport no inicio da temporada, com o peso de uma grande contratação por ter vindo do Cruzeiro-MG. Mas, ainda no campeonato pernambucano, foi ficando de fora da equipe, inclusive da relação de concentrados. 

Como Martelotte quer trabalhar com apenas seis jogadores para a posição, e com a chegada de Vinicius Simon,  E por Matheus não estar sendo aproveitado, foi a escolha da comissão para deixar o clube.

O jogador vai treinar em separado do grupo, até acertar sua saída definitiva e encontrar outro clube para atuar. Segundo a assessoria do Sport, as conversas estão sendo proveitosas para um acerto bom para as duas partes.

ASA 0 x 2 Flamengo - Os gols




CamFWayne7

São Paulo 1 x 2 Bahia - Melhores momentos

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Com time definido, Sandro comandará treino de portões fechados


Por Ricardo Luis

 Mesmo já tendo confirmado o time que enfrenta no próximo sábado (13), às 16hs, no Arruda a equipe do Fortaleza-CE. O técnico Sandro Barbosa comandará nesta quinta-feira (11) um treinamento de portões fechados.

O time: Tiago Cardoso; Nininho, Renan Fonseca, Leandro Souza e Tiago Costa; Tozo, Luciano Sorriso, Raul e Júnior Xuxa; Dênis Marques e Flávio Caça-Rato.

Sandro afirmou que vai manter a base que venceu o Cuiabá, por acreditar que o grupo, esta corresponde ao que ele quer. E para que o conjunto e entrosamento sejam aperfeiçoados.

Nos últimos dois anos, aconteceram quatro jogos entre as equipes. Dois pelo brasileiro da série C e dois pela Copa no Nordeste. Com três vitórias do tricolor do pici e um empate.

E como errou em alguns desses jogos contra o Fortaleza, o volante Tozo fala do aprendizado que se tirou com as derrotas para a equipe cearense.


  


Diferente do seu companheiro de equipe, o lateral esquerdo Tiago Costa, afirma que não existe rivalidade entre os jogadores depois dos últimos resultados negativos diante do Fortaleza, e lembra da capacidade de um dos destaques cearense, o atacante Assisinho.    


   

Daniel Freitas não é mais o superintendente de futebol do Náutico


Daniel Freitas não é mais o superintendente de futebol do Náutico.

O anúncio foi feito através do site oficial do clube às 18:48 hs.




Mesmo jogando contra um dos últimos times da Série B, meia do Sport fala em cautela

Por Walleys Santos

Contra números não há argumentos, a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B apresenta o América-RN na décima oitava colocação com apenas seis pontos conquistados em 21 disputados, fazendo com que, até o presente momento,  figure na zona de rebaixamento.

O time potiguar, com uma única vitória na competição e mesmo diante de todo esse cenário desfavorável, não muda o discurso dos jogadores do Sport Club do Recife que pregam respeito total ao time alecrino.

O meia Camilo do Sport ressalta a dificuldade que é disputar uma Série B mesmo tendo como adversário um dos últimos colocados.



O Leão da Ilha enfrenta o América-RN no próximo sábado (13), às 16h20 no Estádio Manoel Barreto, o Barretão, em Ceará Mirim-RN.

Ministro dos Esportes demonstra preocupação com jogos às 22 horas


O ministro Aldo Rebelo (Esporte) quer discutir um novo horário para a realização das partidas de futebol à noite durante a semana, um dos pontos nevrálgicos da programação da TV Globo e que gera pagamentos milionários aos clubes em troca do direito de transmissão.

Em entrevista exclusiva à Folha, Aldo Rebelo diz que os jogos às 22h durante a semana são um "problema" e que é "evidente" que o mercado está prevalecendo em relação ao interesse público.

Sem citar a Globo, o ministro diz que já iniciou as tratativas com os clubes e com os "detentores dos direitos de transmissão" e, até agora, a ideia de mudar o horário não sofreu resistência. Para Rebelo, a Copa das Confederações foi um "sucesso" e mereceu nota 9 (a Fifa deu nota 8).

Folha - Como é hoje a relação do governo com José Maria Marin, presidente da CBF?

Aldo Rebelo - São relações normais, institucionais. Temos uma responsabilidade comum de organizar a Copa.

Por que a presidente Dilma nunca teve uma audiência com Marin?

A presidente já esteve em várias ocasiões públicas com o presidente da CBF. Eu nunca recebi um pedido oficial de audiência com a presidente Dilma. Portanto não há como se dizer que ela tenha se negado a receber o presidente Marin, isso não é verdade.

Por que a seleção não foi a Brasília encontrar a presidente?

Não havia como viabilizar uma viagem de última hora. Todos tinham compromisso imediatamente após o jogo e não estava prevista essa vinda. A seleção pode vir a qualquer hora. Seria até injusto achar que houve da parte da CBF qualquer tentativa de impedir a seleção de vir.

A Fifa só quer lucrar com a Copa no Brasil?

A Fifa é sem fins lucrativos, mas convive com patrocinadores com fins lucrativos. A Fifa tem virtudes, transformou o futebol num esporte universal. O futebol traz a projeção daquilo que a sociedade considera o ideal, onde as regras são simples, valem para todos e os méritos e as virtudes valem para todos.

O mercado e o lucro podem representar um risco de transformar nossos ídolos numa parte de uma engrenagem. Corremos o risco de transformar [o futebol] em uma mercadoria que pode afastar o povo dos estádios.

Na Copa, é difícil porque é, de fato, um espetáculo para um universo pequeno dentro do universo interessado. Mas penso mais é na coisa permanente, no dia a dia dos campeonatos brasileiros. Como é que você tira um torcedor do estádio, principalmente os mais pobres?

O jogo às 22h não é um problema?

Evidente que é.

E não há nada que o governo possa fazer sobre isso?

Não digo nada, porque o governo pode tentar sempre. Se não por imposição legal, o governo pode ter uma capacidade de mediação e deve ter. É preciso equilibrar entre o que o mercado dá e o que mercado tira. Remunerar melhor e melhorar a capacidade dos estádios é uma coisa boa, mas não se pode transformar isso simplesmente numa mercadoria porque isso pode tirar do futebol o seu encanto.

Quando se faz um jogo às 13h em Salvador ou na quarta-feira às 22h, é o mercado prevalecendo?

Evidente. Não é uma coisa pública, talvez seja melhor o interesse público. Perguntaram por que fazer a final da Copa das Confederações à noite, quando o mais lógico seria no domingo à tarde. Imagino que tenha sido o mercado também. Esse é um dos problemas [jogo às 22h], naturalmente.

Do ponto de vista do governo, como o horário pode ser discutido?

Isso é uma negociação entre clubes e detentores dos direitos de transmissão. Então é preciso abordar esses interessados. Tem que ser resolvido levando em conta o interesse público do torcedor, do organizador e dos clubes. Eles têm que se manifestar. Já abordei essa questão com parte dos interessados e não vi nenhuma resistência em conversar.

Como o governo avalia a Copa das Confederações?

Foi um sucesso. Não foi 100% de superação, mas resolvemos. Foi nota 9. Faltou a entrega [dos estádios] dentro do tempo [dezembro de 2012]. Não pudemos fazer todos os testes e isso indicou problemas que teriam sido antecipados. Precisamos para a Copa ter mais rigor nos prazos e nos testes, mas os estádios de alta qualidade foram entregues.

São os estádios mais caros do mundo também, não?

Não é assim. O preço, quando você calcula a partir do preço do assento, está na média da África do Sul. Nossos custos são mais caros, o Brasil hoje é um país muito caro em tudo, em impostos.

Uma das principais reclamações dos protestos era sobre a Copa...

Os manifestantes se preocuparam com saúde, educação, transporte e segurança. Cobram que a qualidade e o padrão dos serviços tenham paralelo com o padrão dos estádios. Isso não significa contestação à Copa. O próprio Datafolha, depois das manifestações, revelou que 65% da população continuam a favor da Copa no Brasil.

Como o senhor vê a vaia à presidente Dilma?

Nelson Rodrigues advertiu, dando o exemplo do Maracanã, que vaiava até minuto de silêncio. É uma tradição no Brasil. Não é nada pessoal.

O senhor pretende deixar o ministério?

Pretendo, mas não sei quando nem para qual cargo. Se eu sair, uma data limite é dezembro, porque já tem a entrega dos estádios, e aí se fecha um ciclo.

Folha

Vitória apresenta novo lateral


Após participar do treinamento no campo 3 do CT Manoel Pontes Tanajura, na tarde desta terça-feira, o lateral-direito Daniel Borges foi apresentado oficialmente na sala de imprensa Jornalista João Borges.

 Já entrosado ao grupo, pois desde semana passada está em Salvador e concluiu todos os exames, contrato assinado até dezembro com o Vitória  garantindo prioridade para adquirir 50% dos direitos econômicos ao final do empréstimo, o lateral está confiante em corresponder as expectativas.

 “Eu venho para cá com o objetivo de fazer um bom campeonato, fazer o meu melhor. Venho acompanhando o Vitória é um time grande e quero representar bem esta camisa”.

O jogador espera estar em campo o mais rápido possível. “Já vinha treinando, fiquei alguns dias parado, mas estarei sempre preparado”, garantiu.

A apresentação foi feita pelo diretor Raimundo Queiroz, que deu boas-vindas ao jogador, e entregou a camisa 2 que será disputada com Nino, no clube há quatro anos.

Nascido na cidade de Ribeirão Preto (SP), o jogador começou sua carreira nas divisões de base do Primeira Camisa (SP) até chegar ao Botafogo em 2011.

No Campeonato Paulista série A1 de 2013, marcou cinco gols em 19 jogos. Devido ao ótimo desempenho chamou a atenção de diversos clubes do futebol brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Nome: Daniel Fortunato Borges
Local de Nascimento: São José dos Campos (SP)
Data: 23 de março de 1993
Posição: Lateral-direito

Clubes

2010: Sub-17 Primeira Camisa (SP)
2011 até 2013: Sub-18 e profissional Botafogo (SP)
2013: Vitória – 2º semestre

Paysandu 2 x 2 São Caetano - Os gols

Paysandu e São Caetano empataram em 2 x 2 pela 8ª rodada da Série B do campeonato brasileiro.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Marcos Aurélio fala sobre a vitória rubro-negra fora de casa


O atacante do Sport Marcos Aurélio fala sobre a importância da vitória rubro negra em cima do Joinville.

Anderson Pedra fala da evolução do Sport no campeonato.


Por Ricardo Luis

Após a vitória do Sport no último sábado (06), diante do Joinville-SC, foi visível a evolução que a equipe apresentou depois da parada para a Copa das confederações.

E na manhã dessa terça-feira (09), após o treinamento no CT do Leão em Paratibe, o volante Anderson Pedra falou sobre o assunto.




Pedra também destacou as diferenças entre o Joinville-SC que está na parte de cima da classificação, e o lanterna América-RN.



Gideão fala sobre os pontos positivos e negativos em ter atletas ainda para entrar no time titular do Náutico


Com vários atletas para entrar ainda na equipe titular do Náutico, o goleiro Gideão fala sobre os pontos positivos e negativos dessa questão.


MAGRÃO ADMITE QUE COBRANÇA DA TORCIDA ATRAPALHOU NO INÍCIO

Por Walleys Santos

Que a torcida do Sport é exigente, isso não é nenhuma novidade. Principalmente pelo início de um ano turbulento como a desclassificação da Copa do Nordeste para o Campinense-PB, e também a saída da Copa do Brasil, eliminado pelo ABC-RN, com as duas partidas sendo realizadas na Ilha do Retiro.

E pra cobrança ser ainda maior, perdeu pelo segundo ano consecutivo o título estadual dentro de casa para o seu maior rival, o Santa Cruz.

O ídolo e capitão da equipe, Magrão, fala um pouco das cobranças e explica o por quê do bom desempenho fora de casa no atual Campeonato Brasileiro da Série B.



Magrão, que na noite dessa segunda-feira (08), participou do lançamento do livro Copa do Brasil 2008 - Há cinco anos o Brasil era rubro negro, no Espaço Sport, na Ilha do Retiro. Ele aproveitou também para comentar sobre o livro:

Confirmada a intervenção no Bahia. Marcelo Guimarães Filho está fora do tricolor


Pela segunda vez, Marcelo Guimarães Filho deixa o cargo de presidente do Bahia. O retorno do interventor Carlos Rátis foi anunciado oficialmente pelo juiz Paulo Albiani no final da tarde desta segunda-feira (8) e, na manhã desta terça-feira (9), confirmado pela desembargadora Lisbete Maria de Almeida.

Além do interventor Carlos Rátis, o juiz informou que o responsável pelo Esporte Clube Bahia contará com uma equipe de apoio formada pelos advogados Alexandre Valente Derschum, Danilo Pessoa de Souza Tavares e Cyrano Vianna Neto. Ambos, exceção do escolhido para ser interventor, torcem pelo tricolor.

Mineiro, torcedor do Atlético Mineiro, Carlos Rátis é professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Faculdade Baiana de Direito e exerce a função de Diretor-Geral da Escola Superior de Advocacia da Bahia.

Não é a primeira vez que Carlos Rátis é nomeado para ser interventor do processo envolvendo o Esporte Clube Bahia. Em março de 2012, após decisão do juiz Paulo Albiani em suspender as eleições realizadas pelo clube, o advogado passou pela mesma situação.

O período, porém, foi curto. Rátis exerceu a função por apenas três dias porque, através de um efeito suspensivo concedido pelo desembargador Gesivaldo Brito, Marcelo Guimarães Filho retornou à presidência.

Como foi o julgamento

Pontualmente marcado para às 8h30, o julgamento envolvendo o processo de intervenção do Esporte Clube Bahia atrasou. Quarenta minutos depois, às 9h10, foi dado início o da sessão. O primeiro a falar foi o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido também como "Kakay", responsável pela defesa da atual gestão do tricolor.

Na sustentação oral,  defesa questionou a finalidade da ação promovida pela ex-conselheiro Jorge Mais. Foram quinze minutos. Mesmo tempo concedido para o advogado Pedro Barachisio, responsável pelo processo inicial sobre a intervenção.

Em seguida foi a vez da desembargadora Lisbete Maria de Almeida anunciar a decisão sobre o julgamento envolvendo a ação cautelar que deu efeito suspensivo à apelação já interposta pelo Esporte Clube Bahia contra sentença anteriormente definida. No caso, a intervenção. O discurso, que durou cerca de vinte minutos, resultou no voto favorável a intervenção que, de acordo com a decisão do juiz Paulo Albiani, terá o advogado Carlos Rátis como responsável pela administração temporária do Esporte Clube Bahia.

O segundo a votar foi o Dr. Edmilson Jataí. Posição também favorável ao processo de intervenção.

Bahia Notícias
Foto: A Tarde