sexta-feira, 14 de julho de 2017

Prestes a completar o seu jogo de número 50 pelo Fortaleza, Edimar enaltece marca e projeta duelo decisivo diante do Remo

No atual elenco do Fortaleza, um dos jogadores que mais tem o carinho do torcedor é o zagueiro Edimar. Muito do respeito que o defensor adquiriu dos torcedores foi pela passagem positiva que teve em 2016, com direito a título estadual e ótima campanha na Copa do Brasil. Como deixou as portas abertas no Leão do Pici, Edimar retornou ao clube nesse segundo semestre após disputar o Campeonato Paulista pelo São Bernado.


Fortaleza

Pelo tempo de “casa”, Edimar está próximo de atingir uma marca importante com a camisa do Fortaleza. O zagueiro tem 49 partidas pelo clube. Foram 25 vitórias, 14 empates e 10 derrotas. Além disso, marcou dois gols e deu uma assistência. Se entrar em campo no próximo domingo, às 18h, contra o Remo no estádio Presidente Vargas, Edimar completará a marca de 50 jogos pelo tricolor cearense. “Estou muito próximo de atingir algo que me deixa muito feliz. O Fortaleza é um clube que aprendi a admirar e chegar a esse número de jogos, ainda mais na atual situação de disputar a Série C, que tem menos jogos que as Séries A e B provam que o meu trabalho vem sendo bem feito. Sempre procurei dar minha contribuição da melhor maneira possível”, reforçou o defensor de 28 anos.

Como chegou no decorrer da temporada de 2017, Edimar está buscando novamente seu espaço absoluto entre os titulares. Muitos torcedores, inclusive, defendem o retorno dele entre os 11 iniciais do técnico Paulo Bonamigo. O discurso do zagueiro é de muito respeito aos concorrentes diretos, mas ele afirma que está preparado para cumprir o desafio. “Tenho respeito por todos os companheiros, mas voltei ao Fortaleza para jogar. O segredo de tudo é o trabalho e venho a cada dia me dedicando mais nos treinamentos para recuperar meu espaço no time e não sair mais. Nas chances que tive acredito que não decepcionei e vou continuar esperando para render da melhor maneira numa nova oportunidade”, explicou o atleta.

O Fortaleza é o terceiro colocado do grupo A e o Remo aparece em quinto lugar com dois pontos a menos. Em resumo, o duelo do próximo domingo é considerado de seis pontos, principalmente porque o Leão do Pici não vence há três rodadas. “Existe um equilíbrio muito grande na Série C, por isso estamos preocupados com essa sequência negativa. Temos que fazer o nosso papel de casa diante do Remo. A nossa postura tem que ser de muita atenção para não sermos surpreendidos como fomos diante do Confiança”, concluiu Edimar.

Análise da 13ª rodada da Série A

A 13ª rodada da Série A foi realizada na quarta 12 e na quinta 13 de julho.
Apenas um empate registrado.

São Paulo 2 x 2 Atlético-GO

O tricolor paulista fica na 17ª posição com 12 pontos.
os goianos permanecem na lanterna, agora com 8 pontos.

Se a rodada apresentou um total de 9 vencedores, somente um deles foi como mandante.
O Sport Recife, que chega a 4ª vitória consecutiva na competição.

Sport Recife 3 x 0 Chapecoense

Os leões ganham mais uma posição na tabela. Agora ocupam a 5ª posição, com 21 pontos.
A Chapecoense cai para a 16º lugar, com 15 pontos.

Elegemos o Bahia como o maior vencedor da rodada. O critério?
O número de posições conquistadas.

Ponte Preta 0 x 3 Bahia
Atlético-PR 0 x 2 Cruzeiro

O tricolor de aço deixou a 16ª e agora ocupa a 13ª posição com 12 pontos.
Uma das curiosidades dessa rodada envolve a Ponte Preta e o Atlético-PR.
Ambos empatam em número de pontos, 15. 
4 vitórias, 6 empates e 3 derrotas.
12 gols marcados. 18 sofridos. Um saldo negativo de 6.
O critério que os desempata, é o menor número de expulsões. 
3 para os paulistas. 2 para os paranaenses.
O furacão fica em 14º lugar.
A Ponte cai para o 15º.
O Cruzeiro chega à 6ª posição com 20 pontos.

O Corinthians obteve a sua 11ª vitória e segue na liderança da competição, agora com 35 pontos. Aumentando a distância para 10 pontos em relação ao segundo colocado, que agora é o Grêmio.
Jornada de campeão.

Palmeiras 0 x 2 Corinthians

O Palmeiras perde duas posições, e agora ocupa a 7ª colocação com 19 pontos.

O Santos obteve uma vitória importantíssima em cima do galo mineiro.
Passa a figurar na 3ª posição com 23 pontos.

Atlético-MG 0 x 1 Santos

Os mineiros caem 3 posições, aparecendo agora na 12ª posição com 17 ´pontos.

No clássico carioca da rodada, deu Botafogo.
O clube da estrela solitária conquista duas posições.
Passa a ocupar a 9ª colocação com 19 pontos.

Fluminense 0 x 1 Botafogo
Os tricolores perdem três posições.
11º lugar com 17 pontos.

O Grêmio retoma a vice-liderança após derrotar o Flamengo.
Os gaúchos somam agora 25 pontos.

Flamengo 0 x 1 Grêmio.

Os rubronegros perdem duas posições e ocupam a 4ª colocação com 23 pontos.

O Vitória foi goleado pelo Vasco no Barradão.
Fica na 18ª posição com os mesmos 12 pontos.

Vitória 1 x 4 Vasco

Os cariocas sobem para a 8ª colocação com 19.

O Coritiba se recuperou na classificação, após golear o Avaí na ressacada.
Passa a figurar na 10ª posição com 19 pontos.

Avaí 1 x 4 Coritiba

Os catarinenses caem para 18º com 12 pontos.

Próximos Jogos - 14ª rodada

Sábado:
Corinthians x Atlético-PR

Domingo:
Palmeiras x Vitória
Vasco x Santos
Cruzeiro x Flamengo
Grêmio x Ponte Preta
Atlético-GO x Atlético-MG
Chapecoense x São Paulo
Coritiba x Fluminense
Bahia x Avaí

Segunda:
Botafogo x Sport

#
Equipe
PJ
VIT
E
DER
GP
GC
SG
PTS
1
13
11
2
0
23
5
18
35
2
13
8
1
4
24
14
10
25
3
13
7
2
4
14
10
4
23
4
13
6
5
2
19
9
10
23
5
13
6
3
4
19
16
3
21
6
13
6
2
5
16
13
3
20
7
13
6
1
6
16
14
2
19
8
13
6
1
6
19
24
-5
19
9
13
5
4
4
14
12
2
19
10
13
5
4
4
15
14
1
19
11
13
4
5
4
21
21
0
17
12
13
4
5
4
14
14
0
17
13
13
4
3
6
17
15
2
15
14
13
4
3
6
12
18
-6
15
15
13
4
3
6
12
18
-6
15
16
13
4
3
6
18
26
-8
15
17
13
3
3
7
14
16
-2
12
18
13
3
3
7
12
20
-8
12
19
13
3
3
7
8
17
-9
12
20
13
2
2
9
11
22
-11
8